Base I - Alfabeto

Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa – Base I - Alfabeto

O alfabeto da língua portuguesa é constituído de 26 letras, tendo cada uma delas a sua forma maiúscula e outra minúscula:

A a (á)J j (jota)S s (esse)
B b (bê)K k (cá)T t (tê)
C c (cê)L l (ele)U u (u)
D d (dê)M m (eme)V v (vê)
E e (é)N n (ene)W w (dáblio)
F f (efe)O o (o)X x (xis)
G g (Ge ou guê)P p (pê)Y y (ípsilon)
H h (agá)Q q (quê)Z z (Zê)
I i (i)R r (erre) 

Obs.:
1º) Além destas letras citadas temos outros sons importantes e muito usados:

RR (erre duplo)
Nh (ene-agá)
SS (esse duplo)
Gu (guê-u)
Ch (ce-agá)
Qu (quê-u)
Lh (ele-agá)

Casos especiais em que se podem usar as letras K, W e Y:
a) Em antropônimos originários de outra língua e seus derivados:
Taylor – taylorista
Darwin – darwinismo

b) Em topônimos originários língua e seus derivados:
Kuwait – kuwaitiano
Malawi – malawiano

c) Em siglas, símbolos e mesmo em palavras usadas como unidades de medida de curso internacional:

K – potássio
Kg – quilograma
Km – quilômetro

Em coerência com o número anterior, usa-se nos vocábulos derivados eruditos de nomes próprios estrangeiros quaisquer combinações gráficas ou sinais diacríticos não peculiares à nossa escrita que figurem nesses nomes:

Shakespeare – shakesperiano
Comte – comtista
Müller – mülleriano

Palavras de origem hebraica como ch, ph e th quando finais de nomes próprios podem manter suas formas de acordo com a tradição bíblica: Baruch, Loth, Moloch, Ziph, ou então pode usar: Baruc, Lot, Moloc, Zif.

As consoantes mudas ou faladas finais como b, c, d e g de nomes próprios bíblicos ou de tradição: Jacob, Job, Moab, Isaac, David, Gad, Gog.

Fontes
Acordo ortográfico da Língua Portuguesa, Saraiva.

Arquivado em: Acordo Ortográfico