Base XIV – Trema

Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa – Base XIV – trema

Segundo o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, no Brasil, aproximadamente 0,5% das palavras sofrerá modificações.

O trema, sinal usado na divisão do ditongo em duas sílabas, é inteiramente eliminado em palavras portuguesas ou aportuguesadas. Nem mesmo na poesia, mesmo que haja separação de duas vogais que normalmente formam ditongo: saudade, e não saüdade, ainda que tetrassílabo; saudar, e não saüdar, ainda que trissílabo. Em palavras formadas por qü e gü em que o u é pronunciado. Como curiosidade o trema também pode ser chamado de sinal de diérese.

Como era:
Agüentar
Conseqüência
Cinqüenta
Qüinqüênio
Freqüência
Eloqüente
Argüição
Delinqüir
Pingüim
Tranqüilo
Lingüiça
Freqüente

Em virtude desta omissão, ficou:

Aguentar
Consequência
Cinquenta
Quinquênio
Frequência
Eloquente
Arguição
Frequência
Eloquente
Tranquilo
Linguiça
Frequente

Observação: conservam o uso do trema algumas palavras derivadas de nomes próprios estrangeiros:

Hübner - hübneriano
Müller - mülleriano

* Cuidado terão outras palavras na mesma situação de Hübner.

Arquivado em: Acordo Ortográfico