Base XVI – Hífen nas formações por Prefixação, Recomposição e Sufixação

Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa – Base XVI – hífen nas formações por prefixação, recomposição e sufixação

1º) Usa-se o hífen com os prefixos (ante-, anti-, circum-, co-, contra-, entre-, extra-, hiper-, infra-, intra-, pós-, pré-, pró-, sobre-, sub-, super-, supra-, ultra-, etc.) em falsos prefixos, de origem latina ou grega (aero-, agro-, arqui-, auto-, hio-, eletro-, geo-, hidro-, inter-, macro-, maxi-, micro-, mini-, multi-, neo-, pan-, pluri-, pro-, to-, pseudo-, retro-, semi-, tele-, etc.

a) Quando o segundo elemento começa com H:

Anti-higiênico, Co-herdeiro, Contra-harmônico, Extra-humano, Pré-história
Super-homem, Sub-hepático, Arqui-hipérbole, Geo-história, Neo-helênico,

b) Quando o prefixo ou o pseudoprefixo termina na mesma vogal com que se inicia o segundo elemento:
Anti-ibérico, Contra-almirante, Infra-axilar, Supra-auricular

c) Os prefixos circum- e pan-, quando o segundo elemento começa por vogal, m ou n:
Circum-escolar, Circum-murado, Pan-africano

d) Os prefixos hiper-, inter- e super-, quando combinados com elementos iniciados por r:
Hiper-requintado, Inter-resistente, Super-revista

e) Os prefixos ex-, sota-, soto-, vice- e vizo-:
Ex-diretor, Ex-hospedeira, Sota-piloto, Soto-mestre, Vice-presidente , Vizo-rei

f) Os prefixos tônicos acentuados graficamente pós-, pré- e pró-, quando o segundo elemento tem vida à parte (ao contrário do que acontece com as correspondentes formas átonas que se aglutinam com o elemento seguinte):

Pós-tônico, Pré-escolar, Pré-natal
Pró-africano, Pró-europeu, Pós-graduação

2º) Não usa o hífen:

1. Quando o prefixo e falso prefixo acaba em vogal e o segundo elemento inicia por r ou s, ocorre que estas consoantes dobram:

Antirreligioso, Antissemita, Contrarregra
Cosseno, Extrarregular, Infrassom

2. O prefixo ou pseudoprefixo termina em vogal e o segundo elemento começa por vogal diferente, prática esta em geral já adotada também para os termos técnicos e científicos:

Antiaéreo, Coeducação, Extraescolar
Aeroespacial, Autoestarda, Agroindustrial

3º) Os sufixos só se usa o hífen nas palavras terminadas por sufixos de origem tupi-guarani que geram adjetivos, como –açu, -guaçu e mirim, quando o primeiro elemento acaba em vogal acentuada graficamente ou se a pronúncia exige a distinção gráfica dos dois elementos:

Amoré-guaçu, Anajá-mirim, Andá-açu, Capim-açu

Arquivado em: Acordo Ortográfico