Ciclo de Vida de um Produto

O conceito de ciclo de vida dos produtos apresenta diversos estágios de transformação estrutural e processual desencadeadas pela cultura empreendedora existente dentro das mesmas.

O ciclo do produto consiste numa tentativa pioneira de incorporar, de forma teoricamente mais consistente e articulada que as teorias precedentes, o papel da inovação, da escala de produção, das economias externas e da incerteza e ignorância à teoria do comércio e da produção internacionais.

Neste sentido, uma principal contribuição desta teoria ao pensamento econômico está na perspectiva de dinamização do conceito de vantagens comparativas de custos, na medida em que estabelece hipóteses sobre as decisões de localização do investimento e da produção internacionais que transcendem a tradicional explicação baseada na teoria neoclássica do comércio e da produção.

Para uma organização possuir bons produtos e estiver continuamente inovando em produtos, pela cultura empreendedora interna, o seu ciclo de vida será duradouro, pois se uma organização estiver sempre lançando novos produtos e, com isso, satisfazendo necessidades e/ou desejos de seus clientes, ela estará se perpetuando.

Nos dias de hoje, consumir, cada vez em maiores proporções, é sinônimo de felicidade. Impelidos pela necessidade de vender seus produtos, os fabricantes gastam grandes quantias de dinheiro com propaganda, para vincular esse conceito na população.

O cidadão pode fazer a sua parte consumindo apenas o necessário e evitando o desperdício de combustível, água, eletricidade e alimentos. Além disso, deve valorizar materiais que podem ser reutilizados ou reciclados. É preciso exigir qualidade e durabilidade dos produtos.

O estudo do ciclo de vida de um determinado produto compreende as etapas que vão desde a retirada da natureza das matérias-primas elementares que entram no sistema produtivo, incluindo as operações industriais e de consumo, até a disposição final do produto quando se encerra a sua vida útil.

O conhecimento do ciclo de vida de um produto é o primeiro passo na busca do desenvolvimento sustentável. Idealmente, o ciclo de vida inicia-se quando os recursos para sua fabricação são removidos de sua origem, a natureza - o berço, e finalizam-se quando o material retorna para a terra - o túmulo.

Desde os primórdios da sua existência na Terra, o ser humano, este ser de inteligência criativa, tudo tem feito para melhorar. Criou, inventou e inovou para suas infinitas obras surgem então novos produtos, estes se desenvolvem, atingem a maturidade, entram em declínio e, eventualmente, desaparecem.  Esta é a essência da noção de ciclo de vida do produto.

Referência bibliográfica:
BAXTER, Mike. Projeto de produto. São Paulo: Edgard Blücher, 2000.

Arquivado em: Administração