Definições de Sustentabilidade

A palavra Sustentabilidade é proveniente do Latim “sustentare” e refere-se à manutenção ou à capacidade de suportar algo. Assim sendo, todas as questões referentes à esse termo possuem como núcleo uma pergunta comum: “Por quanto tempo um recurso específico pode durar?” E a partir dessa pergunta, a Sustentabilidade pode ser definida a partir de diversas abordagens e múltiplos princípios, desde que atendam a composição de cenários atuais e – principalmente –  futuros.

Dentro do contexto literário há a Sustentabilidade Ambiental, Social, Empresarial e Econômica, e toda e qualquer outra nomenclatura adjunta ao termo Sustentabilidade deve ser entendida como um subgrupo ou uma derivação de alguma de suas quatro classes.

Em dias atuais, são vários os organismos, organizações e estudiosos ao relatar opiniões acerca desse tema, o que por sua vez, faz com que nunca tenha se ouvido falar tanto sobre Sustentabilidade. Entretanto, suas definições mostram o fato de que o mundo está apenas no início do processo de conhecimento de todas as nuanças que envolvem esse termo.

Seguem abaixo as mais recorrentes definições sobre o tema:

“Atender as necessidades do presente sem comprometer as possibilidades de as futuras gerações atenderem as suas próprias necessidades. Para ser sustentável, qualquer empreendimento humano deve ser ecologicamente correto, economicamente viável, socialmente justo e culturalmente aceito” (Projeto Planeta Sustentável – SUSTENTÁVEL, 2009)

“Como o cumprimento de suas responsabilidades com o Nosso Credo, de maneira que pessoas, planeta e negócio possam conviver de maneira saudável tanto no presente quanto no futuro”. (Johnson & Johnson S.A. – JOHNSON & JOHNSON, 2008/2009)

“Capacidade transformadora que uma corporação adquire para buscar e encontrar as melhores práticas de crescimento responsável, respeitando os seres humanos e com o mínimo de impacto ao meio ambiente” (Eternit S.A. – ETERNIT, 2009)

“A sustentabilidade importa em transformação social, sendo conceito intergrador e unificante. Propõe a celebração da unidade homem/natureza, na origem e no destino comum e significa um novo paradigma”. (José Renato NALINI, 2001)

“O atendimento das necessidades das gerações atuais, sem comprometer a possibilidade de satisfação das necessidades das gerações futuras”. (Organização das Nações Unidas – ONU, 1987)

“Um objetivo que deve permear as ações das sociedades contemporâneas, diminuindo o uso insensato dos recursos renováveis e não renováveis”. (Débora Luciane GIACOMETI, 2008)

“Um legado permanente de uma geração a outra, para que todas possam prover suas necessidades”. (José Carlos BARBIERI,2009)

“É aliar desenvolvimento econômico com respeito e valorização das questões ambientais e sociais”. (Maria Luiza P. PAIVA, 2009)

Por fim e, de forma sintetizada, pode ser afirmado que a Sustentabilidade é algo a ser gerado, e assim sendo, torna-se a chave para a garantia de que mesmo havendo exploração (independente de quais forem as fontes) a natureza, a sociedade, os negócios e a economia continuarão a prover recursos e bem estar para as comunidades presentes e próximas gerações.

Referências:
GIACOMETI, Débora Luciane. Avaliação do desempenho ambiental do processo produtivo de uma indústria madeireira. Rio Grande do Sul, 2008.
MELLO, Leonardo Freire de; OJIMA, Ricardo. Além das certezas e incertezas: desafios teóricos para o mito da explosão populacional e os acordos internacionais. Caxambu, 2004.

Arquivado em: Administração