Gestão de Estoque

Por Fernando Rebouças
A gestão de estoque busca garantir a máxima disponibilidade de produto, com o menor de estoque possível. A gestão de estoques entende que quantidade de estoque parada é capital parado.

Estoque é a quantidade de um determinado item para atender determinado nível de demanda. Motivadores da gestão de estoque:

* Número crescente de SKU;
* Elevado custo de oportunidade do capital, ou seja, quando coloca-se dinheiro em determinado estoque, perde-se a oportunidade de empregar o mesmo capital em outro tipo de mercadoria ou situação;
* Se a empresa estimula a produção acima da demanda, ela tenta empurrar para os setores seguintes da cadeia de suprimentos.

SKU significa “Stock Keeping Unit”, é o item de estoque, cada tipo de mercadoria (caneta, celular, biscoito,etc.).

Razões para manter o estoque:

* Melhorar o nível de serviço;
* Incentivar economias na produção;
* Permitir economias de escala nas compras e no transporte;
* Agir como proteção contra aumento de mercado;
* Proteger a empresa de incertezas na demanda;
* Ter o que servir em situação de emergências;

As vezes para baratear o insumo/produto é necessário fazer estoques maiores, baratear custos com transportes e produção. Há três tipos de estoques:

* Básico : O que há em estoque para a demanda;
* Segurança : Além do básico para atender uma eventualidade;
* Trânsito: O conjunto de itens já comprados, mas que até chegar ao estabelecimento já é considerado estoque em trânsito.