Guiné-Bissau

Por Fernando Rebouças
Bandeira da Guiné-Bissau

Bandeira da Guiné-Bissau

País africano de língua portuguesa, Guiné-Bissau tornou-se independente de Portugal em 1974. Depois de adquirida a independência política, o país sofreu diversos golpes de estado, o primeiro ocorreu em 1980, quando colocaram no poder o ditador João Bernardo Vieira, assassinado em 2 de março de 2009, por soldados, horas depois do assassinato do chefe do exército de seu governo.

Na época, a ditadura de Vieira buscou implementar uma economia de mercado e um sistema multipartidário. As primeiras eleições livres de Guiné-Bissau só ocorreram em 1994, nas quais Vieira fora eleito o primeiro presidente por voto democrático no país. Em 1999, o seu governo foi derrubado por um motim militar, abrindo um conflito civil em Guiné-Bissau.

Em 2000, instituíram um governo de transição empossado pelo líder da oposição , Kumba Yala, eleito em votação nacional. Em 2003, depois de um novo golpe militar, Kumba Yala foi retirado do poder, Henrique Rosa assumiu como presidente interino.

Em 2005, foram organizadas novas eleições, nas quais foi eleito o ex-presidente João Bernardo Vieira, sob a promessa de campanha de pacificar o país. O país fez parte do império português a partir do século 16. O país adota como sistema de governo a República Parlamentarista, a primeira Constituição do país foi promulgada em 1984.

Localização de Guiné-Bissau

Localização de Guiné-Bissau (clique para ampliar)

Dados do país :

  • Nome: República da Guiné-Bissau
  • Localização: Oeste da África (faz fronteira com o Senegal ao norte, Guiné a leste e sul e Oceano Atlântico ao oeste)
  • Capital: Bissau
  • Divisão: Nove regiões
  • Línguas: português (oficial), português crioulo e dialetos regionais
  • Religião: animista, islâmica, minorias cristãs
  • Moeda: franco CEA
  • Natureza do Estado: república parlamentarista
  • Área: 36.125 km² (inclui o arquipélago de Bissagos e outras ilhas em sua costa)
  • População: 1.503.000, em número de 2008
  • Independência: 24 de setembro de 1973 (declarada) e 10 de setembro de 1974 (confirmada por Portugal)
  • PIB: US$ 442 milhões (estimativa de 2008)
  • Renda "per capita" anual: $600 (2008)

Fontes
CIA World Factbook e Folha on line