Fruticultura

Por Fernando Rebouças
Nas atividades agrícolas, a fruticultura é um setor produtivo responsável pela produção comercial de frutas. É um conjunto de técnicas para a exploração de plantas que geram frutas comestíveis e que tenham demanda no mercado.

É o cultivo racional e direcionado de plantas frutíferas. Geralmente, as frutas são elementos de sabor adocicado; biologicamente, é um órgão provindo de vegetais floríferos. Além para o consumo in natura, a fruta é muito utilizada como insumo para a produção de alimentos industrializados e aromatizantes.

No Brasil, tradicionalmente, apesar da larga oferta de diferentes espécies de frutas e distribuição, a produção é caracterizada por polos regionais, muitas vezes de maneira artesanal. Os produtores brasileiros ainda reclamam de um maior acesso à tecnologia pós-colheita, armazenamento, transporte e estrutura portuária de exportação mais adequada à grande quantidade que o país consegue produzir.

A produção da fruta exige profissionais capacitados em fitotecnia aplicada, centros de pesquisas e uma frente comercial que consiga destacar a produção brasileira no mercado interno e externo; e por meio de um sistema logístico mais adequado, mitigar os níveis de perdas decorrentes pelo desperdício.

A lenda geral diz que a melhor laranja do Brasil é consumida na Europa, e as de qualidade medianas ficam para o mercado interno. Nessa discussão é verdade que os compradores estrangeiros exigem as frutas de melhor aparência e mais adequada à cultura deles, mas a perda de qualidade no mercado interno ocorre devido à  falta de infraestrutura na distribuição e disposição do produto nas feiras e supermercados.

Essas faltas também são responsáveis pela elevação do preço final no mercado interno e externo. A falta de organização na produção e distribuição correta na produção brasileira permite um espaço mercadológico aos países que não possuem a mesma diversidade de produção e espaço de cultivo, como os nossos vizinhos Chile e Argentina.

Para a distribuição e revenda, todo fruto necessita de embalagem. A embalagem pode ser de papelão ondulado, papelão flexível, chapas, rótulos individuais ou caixas de madeira. Para a segurança e qualidade do produto, a fruta, por ser sensível ao toque e à queda, requer uma padronização em sua arrumação.

Para que o produto chegue ao consumidor e ao importador com a melhor qualidade, faz-se necessário um constante estudo sobre as melhores técnicas de cultivo, colheita, conservação , distribuição e a adoção de tecnologias acessível aos produtores.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Fruticultura
http://www.cpact.embrapa.br/publicacoes/download/livro/fruticultura_fundamentos_pratica/1.3.htm
http://www.agr.feis.unesp.br/Lot.htm