Airedale Terrier

O Airedale Terrier é uma raça de cão, do tipo terrier, oriundo da região de Airedale, situada em Yorkshire, Inglaterra. Também é conhecido como “Rei dos Terriers”.

Airedale Terrier. Foto: Musarati (Own work) [Public domain], via Wikimedia Commons

Airedale Terrier. Foto: Musarati (Own work) [Public domain], via Wikimedia Commons

Esta raça originou-se do cruzamento entre as raças Ryke preto e marrom e Otter Hound. Os animais da primeira raça são ágeis, corajosos, possuem boa visão e audição, enquanto que os da segunda raça possuem um faro aguçado, além de serem grandes nadadores. Desta forma, esta cruza resultou em um animal forte, bom para caça e defesa, resistente à água e ao gelo.

Inicialmente, por volta de 1864, esta raça era conhecida como Working, Waterside e Bingley Terrier. No ano de 1886, O Kennel Club reconheceu formalmente a raça Airedale Terrier.

Os animais desta raça são os maiores Terrier, pesando entre 25 a 30 kg, com os machos alcançando uma altura entre 58 a 61 cm na cernelha, sendo as fêmeas um pouco menores. São musculosos e relativamente compactos.

Possuem pelagem dura e densa. Seu pelo é oleoso, uma ótima característica para caça na água, pois o óleo torna seu pelo quase totalmente impermeável e resistente ao frio. A região superior pode ser preta ou grisalha, bem como o topo do pescoço e a superfície da cauda. As outras regiões do corpo são castanhas.

O Airedale Terrier é ativo, apresentam expressão viva, muito sociável, confiante, dócil, amigável, corajoso e inteligente. Embora não sejam animais agressivos, podem tornar-se caso sejam treinados para tal. Mesmo assim, não é muito fácil embutir agressividade nesses animais.

Até os dias de hoje estes animais são utilizados na África, Índia e Canadá para caça, além de serem utilizados na polícia alemã e inglesa. Em diversas guerras esses cães se destacaram como mensageiros.

Com relação à problemas de saúde, estes animais, assim como a maioria dos Terriers, são mais propensos à apresentar dermatite. Uma vez que possuem pelos muito densos e duros, problemas de pele podem passar despercebidos. Além disso, também podem apresentar displasia coxofemural. Torção gástrica também é comum nesta raça.

Fontes:
http://en.wikipedia.org/wiki/Airedale_Terrier
http://www.saudeanimal.com.br/airedale.htm
http://www.cbkc.org/padroes/pdf/grupo3/airedaleterrier.pdf

Arquivado em: Cães