Akita

O Akita, também conhecido como Akita Inu, é uma raça canina proveniente da Província de Akita na Ilha japonesa Honshow, sendo considerada Patrimônio Natural Nacional do Japão. É um cão do tipo Spitz, em outras palavras, possui orelhas triangulares e cauda enroscada.

 

Desde 1603, os cães da raça Akita Matagis, eram utilizados como cães de combate. No ano de 1868 esta raça foi cruzada com o Tosa e com Mastiffs, resultando em um aumento dos traços característicos próprios dos cães Spitz. Já em 1908, as rinhas de cães foram proibidas, mas a raça foi preservada e aperfeiçoada como uma grande raça japonesa. Em 1931, nove cães de nível superior dessa raça foram designados como “Monumentos Históricos”. Durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) utilizava-se a pele desses animais para confecção de roupas militares, sendo que no fim desse período, o número de exemplares da raça encontrava-se muito reduzido. Após a guerra, houve um processo de restauração da raça, aumentando muito o número de criadores da raça, elevando sua popularidade.

Padrão Racial

Akita. Foto: B@rt at the Dutch language Wikipedia [GFDL (http://www.gnu.org/copyleft/fdl.html) or CC-BY-SA-3.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/)], via Wikimedia Commons

Akita. Foto: B@rt at the Dutch language Wikipedia [GFDL or CC-BY-SA-3.0], via Wikimedia Commons

Os animais pertencentes a esta raça são de grande porte, robustos, proporcionais e substanciosos, com sexualidade bem definida. Possuem uma aparência de lobo, sendo as fêmeas (58 a 64 cm) menores do que os machos (64 a 70 cm); o peso varia entre 34 a 50 kg. Possuem aspecto nobre e imponente; focinho é afilado, com espelho nasal reto e curto; a troca de pêlos é intensa em uma determinada época do ano, sendo muito importante a escovação para manter a pelagem bonita e brilhante. Sua coloração varia de vermelho-fulvo, sésamo (pêlos vermelhos com pontas pretas), tigrado e branco. Com exceção da cor branca, todos os exemplares da raça devem apresentar o “urajiro”, que é a pelagem esbranquiçada nas laterais do focinho, nas bochechas, abaixo do queijo, pescoço, ventre, face inferior da cauda e face interna dos membros.

Os olhos são relativamente pequenos e triangulares, de coloração marrom escura. As orelhas são pequenas, grossas e triangulares, levemente inclinadas para frente e eretas, ligeiramente arredondada nas pontas.

O pescoço é grosso e forte, assim como o tronco e o lombo. A cauda é inserida no alto, é grossa e enroscada sobre o dorso. Os membros são fortes e com boa ossatura.

Temperamento

Essa raça é fiel, decidida, dócil e receptiva. São animais protetores e afetuosos; latem muito pouco, sendo que nunca desnecessariamente; normalmente quando precisa de algo, uiva; é possessivo com seus donos e território, fazendo desta raça uma ótima guardiã. É considerado animal de um sono só, sofrendo muito quando abandonado. Segundo o livro “A Inteligência dos Cães”, do autor Stanley Coren, esta raça encontra-se na 54° posição, entre as 79 pesquisadas.

Características indesejáveis

  • Máscara preta;
  • Manchas brancas;
  • Medo;
  • Prognatismo;
  • Língua com manchas;
  • Características de sexualidade reversa;
  • Cor clara da íris;
  • Ausência de algum dente;
  • Cauda curta ou pendente;
  • Orelhas caídas ou semi-caídas;
  • Pêlos longos.

Fontes:
http://www.clubepaulistadoakita.com.br/padrao/fci255p.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Akita_Inu
http://www.saudeanimal.com.br/akita.htm

Arquivado em: Cães