Pit Bull

Por Débora Carvalho Meldau
Pit Bull é um termo que engloba um conjunto de raças caninas, entre elas o American Pit Bull Terrier (mas não apenas ele), o American Staffordshire Terrier e o Staffordshire Bull Terrier, assim como os cruzamentos entre essas raças. Normalmente, o termo Pit Bull é utilizado para designar a raça American Pit Bull Terrier.

O American Pit Bull Terrier foi desenvolvido no início do século XIX na Europa pelos Ingleses. O primeiro exemplar dessa raça surgiu do cruzamento do antigo Bulldog Inglês com o atualmente extinto Terrier Inglês. Devido à sua força e combate, essa raça foi levada para a região Oeste dos Estados Unidos, local onde se desenvolveu com mais intensidade no formato atual. A partir daí começaram a serem utilizados em esportes sangrentos, como luta contra ursos e touros, inicialmente, e depois somente entre cães.

No ano de 1835 foram proibidas as rinhas, sendo assim, foi necessária a realização de outra seleção de cães, excluindo da reprodução os animais agressivos e selecionando os de temperamento equilibrado. Em 1898, o United Kennel Club (UKC) reconheceu o primeiro exemplar da raça e, em 1909 foi fundada nos Estados Unidos a ADBA (American Dog Breeders Association), que é uma associação exclusiva de criadores da raça Pit Bull.

Padrão  Racial

Os animais dessa raça possuem uma pelagem curta e dura ao toque, lustrosa, sendo aceitas todas as cores.

A cabeça é de tamanho mediano, em formato retangular; o crânio é achatado e mais largo na altura das orelhas; as bochechas são proeminentes e livres de barbela; o focinho possui formato quadrado, largo e profundo, com narinas bem abertas; as mandíbulas são bem pronunciadas, demonstrando força; a mordedura é em torquês com os caninos superiores encaixando-se à frente dos inferiores; as orelhas são de inserção alta (o corte tem finalidade puramente estética); os olhos são arredondados e distantes entre si e não há restrição de cor.

O pescoço é bem musculoso, ligeiramente arqueado e possui pele solta; o tronco é forte e levemente arredondado; os ombros também são fortes, oblíquos e largos; o peito é profundo, sem ser muito largo e com as costelas bem arqueadas.

Os membros posteriores apresentam coxas compridas, com musculatura bem desenvolvida; os membros anteriores também são fortes, de ossatura arredondada; as patas são de formato arredondado. A cauda é curta quando comparada com o corpo, portada baixo, afilando da base em direção à extremidade.

Temperamento

Estes animais são muito inteligentes, fiel ao dono e dócil quando bem tratado por quem cuida dele. Por ser um cão de porte atlético e de muita energia, necessita de muito exercício físico, devendo ser treinado e socializado desde filhote. Quando preso por muito tempo em ambientes pouco espaçosos, aparece nesses animais a depressão de isolamento que pode resultar em problemas no temperamento do cão.

O temperamento dos cães, independente da raça, divide-se em dois tópicos: o instinto, que é uma aptidão do cão para algumas funções, como caça, guarda, pastoreio, entre outras e o comportamento, que são as atitudes de personalidade que advém do meio em que os animais vivem. Sendo assim, é necessário que haja o conhecimento que o Pit Bull é um cão que possui instinto para as atividades de resistência, como o esporte, que acaba sendo utilizada de forma errada por pessoas cruéis. Na maioria das vezes, a culpa do cão ficar agressivo é do próprio dono que não sabe lidar com o animal.

Fontes:
http://www.pitbullclub.com.br/historiadaraca.asp
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pit_bull
http://www.saudeanimal.com.br/pit.htm