Suíno Wessex

Por Débora Carvalho Meldau
Wessex é uma raça de suínos, provavelmente de origem inglesa, sendo produto do cruzamento entre as raças New Forest e o Sussex, duas raças de suínos indígenas, que recebiam a classificação de tipo bacon.

Seu melhoramento é relativamente recente e foi feito na Inglaterra, com a introdução do sangue Napolitano e possivelmente Chinês. Sua criação ocorre principalmente no condado de Wessex, e também, na Irlanda.

Padrão Racial

Os animais dessa raça apresentam a pelagem inteiramente preta, exceto por uma faixa branca que desce da cruz pelos membros anteriores até alcançar o casco, não devendo ultrapassar dois terços do corpo. Malhas brancas em outras regiões desqualificam o animal. Abaixo da região branca, a pele deve ser despigmentada. Os pêlos são lisos, finos e assentados, sendo que a presença de redemoinhos, frisos e pele enrugada são considerados defeitos.

A cabeça do suíno Wessex é relativamente comprida, apresentando focinho forte, de tamanho regular; a fronte é levemente côncava e larga. As orelhas são de tamanho médio, voltadas para frente e para baixo (tipo céltica).

O pescoço é de tamanho mediano e forte. O corpo é bem alongado, largo e espesso, apresentando linha superior levemente arqueada, com a cruz e anca encontrando-se aproximadamente no mesmo nível. O tórax é profundo e amplo, com costelas bem arqueadas, as espáduas são pequenas, quase não se destacando, bem conectadas ao pescoço, à cruz e ao costado. O lombo e o dorso são similarmente largos e apresentam boa musculatura; a garupa é longa e ligeiramente inclinada. O ventre é bem sustentado, apresentando no mínimo 12 tetos bem dispostos. A cauda é comprida, possuindo um tufo de pêlos em sua ponta.

Os membros são fortes, com bons aprumos, relativamente curtos, apresentando ossatura e musculatura bem desenvolvidas. Os pernis possuem excelente conformação, cheios, mas sem excesso de gordura.

Aptidões e Qualidades

Os suínos dessa raça são do tipo intermediário, mas podem ser utilizados também para carne magra, especialmente nos cruzamentos com suínos Landrace.

São notáveis pela prolificidade, docilidade, produtividade e excelente qualidade materna. Possuem capacidade de amamentar enormes ninhadas de leitões.

É uma raça de alta rusticidade, suportando perfeitamente variações de temperatura, tendo apresentando uma excelente adaptação ao clima do Brasil, onde foi introduzida no ano de 1934, pelo Ministério da Agricultura

Fontes:
http://www.bichoonline.com.br/racas/suino/wessex.htm
http://www.criareplantar.com.br/pecuaria/lerTexto.php?categoria=34&id=61
http://www.agrov.com/animais/sui_cap_ovi/wessex.htm