Etnografia

Por Fernando Rebouças
Abordada na ciência antropológica, a etnografia é um método tradicional que visa realizar a descrição dos significados pertencente a um determinado grupo. Todo grupo social atribui significados às suas experiências de vida.

A etnografia atua enfatizando a exploração da natureza e de um fenômeno social particular; realiza entrevistas em profundidade; inicia observação; analisa o discurso dos informantes; investiga os detalhes de um fato; lança perspectiva microscópica; e por fim interpreta os significado e práticas sociais.

A etnografia investiga a realidade de um grupo e o saber gerado a partir do ponto de vista do outro. Essa ferramenta antropológica praticamente inaugurou as aplicações dos métodos na antropologia.

Foi inserida de forma experimental com Malinowski, em tribos das Ilhas Trobriand, no início do século XX. A etnografia tornou-se consolidada depois da publicação do livro “Os argonautas do Pacífico Ocidental", de 1984.

Outro passo importante para a etnografia foi iniciado na Escola de Chicago a respeito do estudo urbano da sociedade industrial, elaborados , por exemplo, pelo antrolólogo Foote-Whyte, a respeito dos “italian americans de Boston” da década de 50.

A partir da década de 50, surge uma etnografia relacionada à sociedade de consumo e sua individualidade, sendo fonte importante em publicações de marketing para se entender o fato no meio urbano.

Fontes:
http://www.gruporota.com.br/recursos/download.php?codigo=91 [pdf]