Principais Artistas do Movimento Cubista

Por Bruna Meldau Benites
O Cubismo foi um Movimento artístico emergente do século XX que teve como principais idealizadores Pablo Picasso e Georges Braque. Este movimento que teve início nas artes plásticas, expandiu-se também para a literatura com a influência dos escritores Guillaume Apollinaire, John dos Passos e Vladimir Maiakóvski, e teve seus principais focos de resistência na arquitetura do século XX e nas artes decorativas.

Apesar do grande destaque que Picasso obteve dentro do Cubismo, por possuir uma personalidade inquietante e com isso, ter realizado magníficas obras, e Georges Braque que veio do movimento Fauvista, mas também teve grande importância dentro do Cubismo, muitos outros artistas também participaram deste, que foi o movimento considerado mais importante do período.

Artistas como Gertrude Stein, Fernand Léger, Max Jacob, Robert Delaunay, Francis Picabia, Jean Metzinger, Albert Gleixes, Duchamp-Villon, Juan Gris e os irmãos Jacques Villon, Marcel Duchamp, entre outros, também deram suas contribuições individuais para o movimento.

O pintor mexicano Diego Riviera, famoso por suas grandes obras modernas feitas em murais, teve sua passagem pelo movimento cubista. Assim como o holandês Piet Mondrian, que começou com um estilo figurativo inspirado por Van Gogh, passando para um cubismo analítico e seguido de uma abstração geométrica.

Como acontece na pintura, na escultura as imagens também são pensadas a partir das formas geométricas. Porém a escultura cubista se destaca dentre todos os outros movimentos anteriores, pois aqui suas obras são totalmente arquitetadas e construídas utilizando vários tipos de materiais, como por exemplo, a madeira, o metal, papel, papelão, entre outros.

O escultor francês Duchamp-Villon, irmão de Marcel Duchamp, merece ser citado, pois teve papel de destaque dentro do cubismo ao realizar uma tentativa de conceituação da escultura cubista, relacionando-a à arquitetura.