Magnetosfera

Há cerca de 4.5 milhões de anos formou-se o núcleo da Terra, extremamente quente e insólido, envolto pelo magma e a própria crosta terrestre. Em algum momento da história esse núcleo com magma começou a funcionar como um dínamo (aparelho capaz de converter energia mecânica em elétrica, gerando assim correntes elétricas) tendo como propulsor talvez o campo magnético solar, que por ser extremamente forte, foi capaz de interferir na Terra naquele momento. Decorrente a isso, a interação entre o núcleo e o magma em torno dele foi ficando cada vez mais forte criando assim as linhas magnéticas que saem pelo polo sul e entram pelo polo norte, formando assim o campo magnético da Terra.

Porém algumas dessas linhas magnéticas não são reconectadas no nosso planeta e se estendem indefinidamente pelo espaço até encontrarem alguma barreira, como por exemplo, o vento solar, formando assim a Magnetosfera (uma espécie de envoltório do nosso planeta, formada pela interação entre o nosso campo magnético e o vento solar). A Magnetosfera funciona como um colchão protetor, existente entre os ventos solares e a própria Terra, nos protegendo de várias anomalias do espaço, principalmente os ventos solares, a radiação solar e outros raios cósmicos.

Estudos recentes mostram que a Magnetosfera está apresentando sinais de "rachaduras" causadas provavelmente pelos ventos solares. Quando o campo magnético das partículas oriundas do sol possuem orientação oposta a algum ponto do campo magnético da Terra acontece uma interligação entre os campos (reconexão magnética), criando assim uma passagem para que as partículas eletricamente carregadas possam fluir livremente. Uma das consequências da entrada dessas partículas na Terra seriam alterações climáticas, além disso o contato com a radiação seria mortal para os seres vivos. Uma outra consequência seria o colapso de sistemas eletrônicos e de rádio. Existem diversas formas que a humanidade poderia ser afetada por essas Tempestades Solares e por isso o estudo sobre o sol, o meio interplanetário e o meio ambiente são de vital importância para a nossa civilização, que cresce cada vez mais dependente de tecnologia.

Fontes:
http://www.youtube.com/watch?v=Nt0mcy5NJlY&feature
http://pt.wikipedia.org/wiki/D%C3%ADnamo
http://www.youtube.com/watch?v=4DoRTJpOQ7s&feature=related
http://www.apenasbusquemconhecimento.com.br/index.php/alteracaoplanetaria2/magnetosfera/64-raios-provenientes-do-cosmos.html
Ilustração: http://www.universetoday.com/61456/magnetosphere/

Arquivado em: Astronomia