Influência do Brasil na América Latina

Por Fernando Rebouças
Segundo a pesquisa Latinobarômetro, o Brasil é visto pelos países latino-americanos como a nação mais influente da América Latina, superando o tradicional EUA no nível de influência regional. Na mesma pesquisa, os latino-americanos acreditam na evolução da democracia brasileira e no otimismo em relação ao progresso do Brasil.

Considerando a política externa do governo brasileiro, estudiosos alemães, em outra linha de pesquisa, analisam o Brasil como uma potência hegemônica, pois o nosso país tem efetuado uma política de vizinhança ativa, assumindo uma liderança importante no hemisfério sul e com forte influência no âmbito global, fortalecendo as condições diplomáticas do país reivindicar uma cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU.

O Brasil tem se dedicado para aproximar as parcerias comerciais com países estratégicos como Argentina, México, Venezuela, Chile, Bolívia, Paraguai e Uruguai, buscando ainda estreitar relações com os demais. Tem se colocado também à disposição para apaziguar conflitos locais sem esperar pela iniciativa de outros continentes. Porém, entre os países que resistem à natural liderança brasileira, Chile e Colômbia se destacam constantemente.

Retornando ao Latinobarômetro, publicado pela revista “The Economist”, o país está a nove pontos percentuais na frente dos EUA; os norte-americanos são seguidos pela Venezuela. Mas, para o povo mexicano, os EUA se mantém como o principal país influente, o mesmo ocorre em relação ao Equador, República Dominicana e Nicarágua.

O positivo desempenho da economia brasileira durante a crise financeira mundial e a popularidade recente do governo Lula colaborou para que o Brasil conquistasse nova imagem na região. Na pesquisa, o Brasil também lidera como o mais otimista, com cerca de 70% dos brasileiros apostando no crescimento do Brasil.

Honduras, que sofreu um golpe de Estado recentemente, ficou em último lugar entre os mais influentes, pois o golpe esfriou as relações do país com os EUA e com outras nações do continente americano.

No quesito que se refere à crença na democracia como o melhor regime de governo político, o Brasil ficou em 14° lugar na mesma pesquisa, com 54% favorável, em primeiro lugar ficou a Venezuela com 84% dos entrevistados favorável ao regime democrático.

A Latinobarômetro é uma organização sem fins lucrativos sediada em Santiago, capital do Chile. A pesquisa foi realizada em 18 países, entre os dias 4 de setembro e 6 de outubro de 2011.

Fontes:
http://www1.folha.uol.com.br/mundo/839893-brasil-tem-mais-influencia-que-eua-na-america-latina-diz-pesquisa.shtml
http://www.dw-world.de/dw/article/0,,1617243,00.html