Natã

Por Alaine Silva
Natã é o nome de um dos profetas citados na bíblia. Seu nome tem origem hebraica e significa “presente de Deus”. Sua história é encontrada nos livros de I e II Crônicas e ele viveu no mesmo tempo que reinou Davi e em depois, seu filho Salomão.

Foi a este profeta que Davi contou sobre a vontade de edificar o templo de Deus, e foi por ele incentivado. Porém, o Senhor falou com ele em sonho, durante a noite, que não seria Davi a fazer esta obra, mas um filho dele. Assim foi feito. E quando nasceu seu filho Salomão, este foi educado por Natã. E este filho veio a erguer aquele que é conhecido como “Templo da Salomão”, justamente por ser um templo do Senhor que foi edificado durante o reinado dele.

Foi Natã que repreendeu Davi quando ele pecou, adulterando com Bate-seba, enquanto seu marido Urias estava lutando na guerra, subordinado a Joabe. Ocorreu que Davi avistou Bate-seba de seu terraço, enquanto ela banhava-se no rio. Ele procurou saber de quem se tratava e mandou chamá-la seduzindo-a, mesmo sabendo que era uma mulher casada. Por ela ter engravidado, Davi manipulou uma forma de Urias ser morto em batalha a fim de não ser descoberto. Quando Urias morreu, Davi tomou Bate-seba por esposa. O que a princípio passou escondido aos olhos do povo, não foi ignorado pelo Senhor. Ele usou Natã para se dirigir a Davi e corrigi-lo. Como resultado disso, Davi se arrependeu e pediu perdão ao Senhor pelo que tinha feito.

A seguir, parte da hitória que Natã usou para inicar a conversa com Davi, a fim de repreendê-lo:

"­Dois homens viviam numa cidade, um era rico e o outro pobre. O rico possuía muitas ovelhas e bois, mas o pobre nada tinha, senão uma cordeirinha que havia comprado. Ele a criou, e ela cresceu com ele e com seus filhos. Ela comia junto dele, bebia do seu copo e até dormia em seus braços. Era como uma filha para ele. Certo dia, um viajante chegou à casa do rico, e este não quis pegar uma de suas próprias ovelhas ou de seus bois para preparar-lhe uma refeição. Em vez disso, preparou para o visitante a cordeira que pertencia ao pobre (...) Você fez isso às escondidas, mas eu (O Senhor) o farei diante de todo o Israel, em plena luz do dia" (2 Sm 1 e 12).

Natã teve dois filhos: Azarias e Zabade. E ele foi um dos intercessores por Salomão como sucessor a Davi no trono.

Bibliografia:

Bíblia sagrada. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil 2 ed Barueri SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 1988, 1993.