Amiano Marcelino

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

Amiano Marcelino foi um importante historiador no final do Império Romano.

Nascido entre 325 e 330 na Antioquia, Amiano Marcelino era um militar de alta patente que serviu ao imperador romano Juliano. Naquela época, o mundo ocidental já estava dominado pela religião cristã, porém Amiano resistia como pagão e isso se reflete muito claramente em seus textos. Entre as características de sua escrita estão, por exemplo, a ênfase na religião romana tradicional, o suporte à reforma religiosa pagã promovida por Juliano e a pequena quantidade de referências que fazia sobre os cristãos de sua época.

Amiano Marcelino era deslocado dentro da nova lógica do Império Romano. Nasceu em uma região que hoje é parte da Turquia, identificava-se mais com os gregos, mas escreveu a história de Roma em latim. Logo, pode ser visto como um símbolo da mistura de identidades que estava em vigor no final do mundo antigo.

Sua principal obra é a já citada “História de Roma”. Nela o historiador relata todo o período que vai da ascensão do imperador Nerva, em 96, até a morte do imperador Valente, em 378. O resultado desse longo estudo resultou em uma volumosa obra composta de 31 livros. Considerando seu recorte, Amiano Marcelino deu continuidade ao trabalho de Tácito, outro historiador, que escreveu sobre Roma até o imperador Nerva. O marco final de Amiano também é muito representativo, pois considera como limite de seus trabalho a Batalha de Adrianopla, que causou um embate entre exército romano e tribos germânicas resultando em importante vitória para os godos.

Lamentavelmente, chegou até nós somente o texto que se inicia já em 353, que é referente ao início do livro número 14. Ou seja, praticamente metade de seu trabalho foi perdido com o tempo. Mas, ainda assim, o valor histórico de sua obra é inquestionável. Amiano Marcelino é responsável pelo único relato de um romano contemporâneo daquele período que temos notícia atualmente. Em muitas passagens de seu texto, ele próprio é um personagem dos fatos históricos relatados, já que era um importante soldado do exército de Juliano. A data provável da morte de Amiano Marcelino é o ano de 391.

Fontes:
http://unesp.academia.edu/BrunaGon%C3%A7alves/Papers/786607/Amiano_Marcelino_e_sua_obra_Res_Gestae_tratamento_documental_e_os_livros_XXV_XXVI_e_XXVII
http://www.ufes.br/ppghis/dimensoes/data/uploads/D27_10_JulianaBastosMarques.pdf

Arquivado em: Biografias