Campos Sales

Manuel Ferraz de Campos Sales nasceu em Campinas, no dia 15 de fevereiro de 1841. Campos Sales se tornou bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de São Paulo no ano de 1863, ingressando, logo em seguida, no Partido Liberal. Além de advogado, foi político e criador do PRP (Partido Republicano Paulista), marcando sua carreira com a presidência do estado de São Paulo, de 1896 a 1897 e em seguida assumindo o posto de quarto presidente da República, do ano de 1898 até 1902.

Em sua carreira política, Campos Sales ficou conhecido como um republicano histórico, vindo a assumir em 1867 o cargo de deputado provincial, em 1872 o de vereador e em 1881 novamente o de deputado provincial. Em 1885 foi deputado geral (ou federal, como se diz hoje) e em 1889 voltava a ser deputado provincial. Quando foi proclamada a República, Campos Sales foi nomeado como Ministro da Justiça por Deodoro da Fonseca. Nesta oportunidade, promoveu a criação do casamento civil e começou a elaboração de um Código Civil. Além disso, substituiu pelo Código Penal o antigo Código Criminal do Império. Trabalhou também, neste período, no projeto de lei sobre crimes de responsabilidade do presidente da república.

Em 1891 foi eleito senador, mas renunciou ao cargo em 1896, pois se tornaria presidente do estado de São Paulo. Durante o curto tempo em que esteve no cargo, Camps Sales enfrentou um surto de febre amarela, um conflito na colônia italiana da Capital, uma onda de violência em Araraquara e a Guerra de Canudos. Viria também a renunciar o cargo de presidente do estado de São Paulo um ano depois da posse, com o objetivo de se candidatar à presidência da República.

Em março de 1898 foi eleito presidente da República. Conseguiu ao total 420.286 votos. O governo de Campos Sales concentrou esforços em tentar sanar a inflação do país, e em promover políticas que agradassem às oligarquias cafeeiras. Terminou o seu mandato sem o apoio popular e com bom prestígio entre as elites do país.

Em 1899 o presidente da Argentina, Júlio Roca, visitou o Rio, e no ano seguinte Campos Sales foi recebido em Buenos Aires por cerca de 300.000 pessoas. Foi o primeiro presidente brasileiro a viajar para o exterior.

Governou até 1902 e elegeu seu sucessor, o Conselheiro Rodrigues Alves. Em seguida, foi eleito senador em São Paulo e diplomata na Argentina, onde trabalhou com o amigo Júlio Roca, ex-presidente do país.

Seu nome chegou a ser cogitado para as eleições de 1914, mas em 28 de junho de 1913 viria a falecer repentinamente.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Campos_Sales
http://www.historiabrasileira.com/biografias/campos-sales/
http://educacao.uol.com.br/biografias/manuel-ferraz-de-campos-salles.jhtm
http://www.algosobre.com.br/biografias/campos-salles.html
http://www.e-biografias.net/campos_sales/

Arquivado em: Biografias