Konrad Adenauer

Em política, o importante não é ter razão, mas que a deem a alguém.

Frase de  Konrad Adenauer

O político alemão Konrad Adenauer nasceu no dia cinco de janeiro de 1876 em Colônia, cidade com a quarta maior população da Alemanha. Adenauer era cristão-democrata, foi um dos fundadores da economia social de mercado, além de prefeito de Colônia (1917-1933) e advogado. Entre os anos de 1949 e 1963, foi Chanceler da República Federal da Alemanha. Fora isso, exerceu cargo de Presidente do partido democrata-cristão (União Democrata-Cristã - CDU).

O papel desempenhado por Adenauer na política da Alemanha Ocidental remete ao período do final da Segunda Guerra Mundial, quando a República Federal da Alemanha, que optou pelo sistema capitalista, tinha acabado de se formar. O político teve toda sua formação intelectual e civil em território alemão. Frequentou várias universidades germânicas até graduar-se em Direito. No período em que o Nazismo dominava o país, foi um católico opositor ao regime de Adolf Hitler e, por isso, acabou sendo expulso de seu cargo. Ao final do conflito, foi preso pela Gestapo, polícia secreta do Estado, durante vários meses.

Após o final da Segunda Guerra Mundial, foi peça fundamental para o posicionamento da Alemanha Ocidental no bloco dos países anticomunismo liderado pelos EUA. Começa a ganhar influência e conseguir aliados na política internacional com o objetivo de reunificar os dois blocos alemães. Um de seus feitos foi conseguir a liberdade de 10.000 prisioneiros alemães que estavam na União Soviética. Em 1952, consegue reconciliar o bloco capitalista germânico com o Estado de Israel.

Apesar das grandes ações no que se refere às relações com outros países da Europa, Adenauer conseguiu impor, internamente, um sistema político parlamentar democrático, com ideologia liberal-conservadora e contra o socialismo. Acabou reelegendo-se nos anos de 1953, 1957, 1961, sendo que em 57 foi eleito com a maioria dos votos do parlamento. Os anos seguintes foram difíceis para o político, pois houve a construção do Muro de Berlim, interrompendo o processo de unificação e causando divergências com os Estados Unidos.

Em 1963, vários contratempos políticos o levaram a perder autoridade. Naquele ano, viria a se demitir do cargo, sendo sucedido por Ludwig Erhard. Aos 91 anos, Konrad Adenauer falece. De acordo com alguns historiadores, sua presença na política alemã foi fundamental para a construção de um Estado democrático e o desenvolvimento da economia alemã, que, posteriormente, colocaria o país entre as maiores potências do século XXI.

Fontes:
http://www.frasesfamosas.com.br/de/konrad-adenauer.html
http://www.kas.de/brasilien/pt/
http://www.britannica.com/EBchecked/topic/5663/Konrad-Adenauer
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mundo/10008-integracao-da-europa-nao-deve-sucumbir-a-crise-do-euro.shtml

Arquivado em: Biografias