Roman Jakobson

Por Fernando Rebouças
Pensador russo e um dos maiores linguistas do século XX, Roman Osipovich Jakobson nasceu em 11 de outubro de 1896, e faleceu em 18 de julho de 1982.  Era filho de um engenheiro químico e conviveu no meio intelectual russo que precedia a Revolução.

Jakobson_RomanAos dez anos de idade, gostava de exercitar os significados das flexões da língua russa, algo exigido pela sua escola. Em 1914, inscreveu-se no Departamento de Eslavística da Universidade de Moscou, onde passou a estudar linguística como matéria básica.

Aprofundou-se em poesia oral e folclore, amadurecendo os estudos interdisciplinares entre a área da linguística e da poesia. Apreciava os jogos verbais das poesias de  V. Khliébnikov.

Em 1915, grupo de estudantes fundaram o Círculo Linguístico de Moscou, com o objetivo de continuar o empenho sobre as pesquisas e criar um sistema de descobertas a respeito de problemas linguísticos da linguagem prática e poética.

Em 1916, Jakobson e outros estudantes realizam encontros para definir melhores rumos para a Sociedade de Estudos da Linguagem Poética, conhecida como Opoiaz, da Universidade de Petersburgo.

Em 1920, Jakobson começa a ensinar na Universidade de Praga e reinicia suas pesquisas. Inicia trabalhos sobre a cultura tcheca, e a compara a cultura russa.

Inicia também trabalhos sobre a sistematização dos elementos fônicos da língua por meio de tratamento científico, estudo que gera a noção de fonologia. A fonologia surge em estudos efetuados ao lado de Trubietzkói, tendo como base as investigações e teorias desenvolvidas nos laboratórios de estudos na Rússia.

Em 1939, Jakobson deixa a Tchecoslováquia para fugir dos nazistas, morou na Escandinávia, na Suécia e EUA. Na Escandinávia participou do Círculo Linguístico de Copenhague, que logo seria suspendo peça invasão das tropas nazistas.

Na Suécia entrou em contato com os médicos afim de estudar os avanços sobre a análise linguística da afasia. Viajou para Nova York  a convite da Escola Livre de Altos Estudos e de professores europeus refugiados. Em 1949, passou a lecionar língua e literatura na Universidade de Harvard, em Massachusetts.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Roman_Jakobson
http://www.pucsp.br/pos/cos/cultura/biojakob.htm