Geografia da Bolívia

Por Thais Pacievitch
A Bolívia é um país situado no centro oeste da América do Sul. Limita ao norte e a leste com o Brasil, ao sul com o Paraguai e a Argentina e a oeste com Peru e Chile. Não possui saída para o mar. A capital oficial e sede do poder judiciário é Sucre e a sede do governo (poderes legislativo e executivo) é La Paz. Tem 1.098.581 km° de área total e 6.743 km de fronteiras.

A Bolívia é um país fundamentalmente andino, embora a maior parte do seu território se estenda pela planície amazônica. Neste país podemos distinguir três unidades fisiográficas, são elas: os Andes, a planície amazônica e os vales pré-andinos. Os Andes ficam mais largos na Bolívia e ocupam 28% do território daquele país. O ponto mais alto é Nevado Sajama (6.542 m de altitude). O Lago Titicaca (compartido com o Peru) é o lago navegável mais alto do mundo, situado a 3.821 m acima do nível do mar e está localizado no altiplano andino.

O clima boliviano é bem variado, graças (e principalmente) às grandes diferenças de altitude (fato que faz a temperatura oscilar muito) das diversas regiões e graças à diversidade de relevos, à ação do fenômeno El Niño e à circulação dos ventos alísios. As estações podem ser chuvosas (novembro a março) ou secas (março a outubro). Na região norte (planícies amazônicas) o clima é quente o ano todo (30°C) e chove muito. Na região do Chaco o clima é semi-árido. Na área central das terras baixas o clima é tropical, podendo ser úmido ou seco.

Na Bolívia está de 30 a 40% de toda a biodiversidade mundial. Neste país é possível encontrar densas florestas tropicais, situadas ao norte (com grande número de seringueiras) e sua característica variedade de plantas até a escassa vegetação da cordilheira (onde é cultivada a coca, planta da qual é feita a cocaína). No planalto boliviano predominam as pastagens. Entre o altiplano e as terras baixas, surgem os yungas (vales com vegetação bastante densa) e no sul da Bolívia há cactos gigantes no Salar de Uyuni.

Bolívia está entre os dez países com maior número de mamíferos (20% do total mundial e 35,5% da fauna sul-americana). Em relação às aves, a Bolívia possui aproximadamente 43% do total da América do Sul e é o sexto país com maior número de pássaros no mundo. Bolívia é o oitavo país com maior quantidade de répteis (35 dos quais só existem por lá). O país vizinho está entre os 20 primeiros com maior riqueza de anfíbios em nível mundial.

A Bolívia tem três sistemas hidrográficos, são eles: a bacia do rio Amazonas, constituída, em sua maioria, pelos rios Madre de Dios, Orthon, Guaporé, Iténez, Abuná, Beni e Yata. A bacia central, formada pelos lagos Titicaca e Poopó e o rio Desaguadero. E a bacia do Sul, composta pelo rio Paraguai, Pilcomayo e Bermejo.