Introdução à Linguística

Por Desconhecido
Em termos específicos, Linguística é a ciência que estuda os fenômenos naturais que ocorrem com a linguagem verbal e, também oral. Desta forma ela cumpre importante papel já que difunde conhecimentos e descobertas da linguagem que permitem ao homem entender melhor as mudanças provenientes do seu processo de evolução dentro da história da humanidade. Nos últimos anos, os linguistas - pessoas que se dedicam à pesquisa e ao estudo da língua- tem expandido numerosos trabalhos e descobertas sobre esta área com o intuito de explicar mais claramente esses fenômenos linguísticos. Como exemplo desses fenômenos cita-se as mutações sofridas tanto pela linguagem verbal quanto pela linguagem oral - dois eixos imprescindíveis de pesquisas e descobertas. Os estudiosos compreendem, portanto, que todas as mudanças que ocorrem com a linguagem escrita transferem aspectos ao ato de criação individual da fala.

Língua – Um conjunto de frases, cada uma delas formada por uma série de palavras. Sendo assim é uma atividade, um processo criativo ininterrupto de construção, que se materializa sob a forma  de atos individuais de fala.

Linguagem - É o uso de toda essa atividade, desse conjunto de frases e série de palavras que em determinado local, contexto histórico e social são usadas pelos seres humanos para que aconteça a comunicação. Logo,  a linguística explora esse universo de comunicação e suas transformações para identificar os fenômenos que ocorrem  através dos tempos.

A Linguística divide- se em alguns ramos de estudo:

  • Fonética - estudo encarregado de analisar o som no momento em que este soa para formar a palavra e por isso confere a este características distintas para que seja feita sua classificação.
  • Fonologia – encarrega-se  de explicar, a partir dos sons básicos da língua, a identidade de suas partículas sonoras, logo a fonologia permite a identificação dos sons da voz que são emitidos pelo aparelho humano.
  • Morfologia - A estrutura de estudo que analisa a formação das palavras chama-se morfologia. Este estudo ocorre entre o aspecto formal e interno dos enunciados e pode ser chamado de análise formal. A partir do estudo da norma culta ou padrão a morfologia identifica possíveis ocorrências nestas estruturas de formação e contribui para a evolução do sentido dos enunciados.
  • Sintaxe - Estuda as regras e suas aplicações,além de identificar  a ordem dos componentes e como estes aparecem na formação e composição das frases ou enunciados.
  • Semântica -  Por Semântica entende-se  a união de determinadas unidades menores e constituintes de uma língua que tem por fim a construção de unidades de enunciação maiores de escrita e comunicação.
  • Lexicologia - Lembra léxico, vocabulário de um idioma, por exemplo, a Língua Portuguesa possui seu léxico e, portanto, a lexicologia é a responsável por  descrever o seu uso e sentido dentro da lexicografia- ramo que elabora dicionários, enciclopédias e  demais obras que identificam a língua falada no Brasil.
  • Terminologia - Cabe a ela estudar termos que estão em uso em uma língua e dar-lhes uma explicação plausível em níveis linguísticos. É uma ciência para estudo  destes termos que estão sendo usados em determinadas situações enunciativas.
  • Estilística - A língua possui características peculiares às quais pode-se dar o nome de poder de expressão ou, ainda, capacidade  de provocar sensações dentro de um determinado contexto comunicativo e a Estilística encarregar-se-á de trazer essas respostas dentro dos conceitos linguísticos.
  • Pragmática - Estuda a linguagem  em sua situação real de comunicação, ou seja, no momento de formação do enunciado. O locutor e o interlocutor são elos principais para que ocorra a interação linguística de acordo com os conceitos pragmáticos.
  • Filologia – Disciplina que estuda textos antigos ou do passado. Busca explicá-los de forma que ocorra a interligação entre os aspectos diacrônicos, sincrônicos,linguísticos e situacionais de comunicação.

Referências bibliográficas:
http://pt.wikipedia.org./wiki/linguística
Moderna Gramática Brasileira-Celso Pedro Luft. Ed. Globo,2008., Marxismo e filosofia da linguagem.Mikhail Bakhtin.Ed. Hucitec,2006.