Birdwatching

Birdwatching, conhecido no Brasil como Observação de Aves ou “Passarinhada” é uma alternativa de lazer para pessoas que gostam de admirar aves ao ar livre. No mundo todo, milhões de pessoas se divertem com o Birdwatching. Esse hobby atrai tanto pessoas dos países subdesenvolvidos como desenvolvidos, sendo mais populares no ultimo. O Brasil é um país privilegiado, que com mais de 1.800 espécies ocupa a 2ª posição na lista dos países com maior número de aves diferentes, famoso destino mundial. Apesar disso os próprios brasileiros começaram a se interessar por esse hobby há pouco tempo.

Birdwatching. Foto: Erkki Alvenmod / Shutterstock.com

Birdwatching. Foto: Erkki Alvenmod / Shutterstock.com

Um hobby barato e gratificante para seus aficionados, que se envolvem em caminhadas ao ar livre com vários níveis de dificuldade no ponto de vista físico, reunindo ingredientes que são fundamentais para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Além disso, é uma atividade de lazer que também contribui para a conservação dos ambientes naturais e para a educação ambiental e científica.

O Birdwatching pode apresentar variações em sua prática, podendo ser praticado sem acessórios ou com ajuda de binóculos, luneta e câmera digital para registro das aves.

Essas pessoas se organizam em quase uma centena de sociedades ornitológicas e birding clubs, movimentam um setor respeitável da economia, pois para aprofundar-se em seu hobby procuram literatura especializada (manuais, guias de campo, periódicos, mapas), áudios e vídeos, equipamento óptico, fotográfico, de filmagem e gravação, e artigos de campo para prover abrigo, alimento e água às aves silvestres que frequentam seus quintais.

Abaixo seguem algumas dicas que tornam mais divertida e proveitosa a “passarinhada”:

  • Informe-se sobre as espécies de aves que habitam o local que você escolheu para passarinhar. Essas informações prévias os ajudarão a ter melhor chance de observar uma maior quantidade de espécies, visto que cada espécie tem um jeito peculiar de se comportar.
  • Use um traje adequado. Se você for para um local de mata ou floresta, deve usar uma roupa de cores discreta ou camufladas com o ambiente para evitar que a ave se assuste e fuja. Use tons de verde para matas e tons mais claros para cerrados e campos.
  • Faça silêncio. Limite a conversa ao mínimo essencial e pise ‘leve’, tenha atenção com galhos e folhas secas.
  • Respeite o animal. Evite se aproximar demais de uma ave silvestre que pode oferecer risco, para você e para ela, como acidentes (arranhões ou bicadas). De forma alguma toque nos filhotes, mesmo quando parecem abandonados, muitos filhotes ficam sozinhos enquanto os adultos buscam alimento e sua interferência gera estresse e até mesmo abandono pelos pais.
  • As primeiras horas da manhã e o entardecer são horários de maior atividade das aves. Algumas espécies possuem hábitos comportamentais variados, assim sendo, procure saber os horários e as épocas do ano de maior atividade da espécie em especial as que você procura.

A observação de aves dispensa equipamentos, bastam seus olhos e ouvidos. Existem muitos acessórios que podem incrementar seu hobby, desde os mais baratos como guias de campo, caderneta de anotações, roupas camufladas, até os mais caros como binóculos, câmeras fotográficas, tripés, lentes e caixas de som.

Leia também:

Referencias:
Efe, M. A. (1999) Guia prático do Observador de Aves. Porto Alegre: Associação Brasileira para Conservação das Aves - PROAVES, Rede Plaza de Hotéis.
http://www.wikiaves.com.br/dicas_para_observacao_de_aves
http://www.ecoavis.org.br/observacao-de-aves

Arquivado em: Curiosidades