Franco-atirador

De acordo com a definição do Grande Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, franco-atirador é aquele que trabalha por algum objetivo, sem que faça parte de qualquer grupo ou organização ou quem é membro de certas associações que possuem escola de tiro.

Além do significado dos dicionários, o termo também se refere a atiradores especiais de uma exército ou outra força de segurança que tenham por objetivo eliminar um adversário previamente selecionado com um tiro preciso que é realizado de um local estratégico. Para conseguir a precisão exata e derrubar o inimigo, o franco-atirador passa por intenso treinamento de tiro e possui armas de alto alcance como carabinas, fuzis, espingardas e rifles.

Presentes em exércitos de diversos países, estes atiradores especiais também são alcunhados por atiradores de elite, de escolta, furtivos ou snipers, termo criado no século XIX durante a Guerra Civil Americana e que atualmente batiza um rifle de extrema precisão. Naquela época, após ordem de um oficial norteamericano dos Estados Confederados, ouve a criação de uma equipe de atiradores que tinham o objetivo de eliminar os comandantes adversários à longa distância e, com isso, desorganizar os grupos inimigos deixando-os sem referência.

Para encontrar atiradores que tivessem essa habilidade, os colonos procuraram homens entre os caçadores de animais. Vários cidadãos que tinham o costume de caçar pássaros pequenos e muito hábeis como a narceja (snipe em inglês) foram convocados para atuar como atiradores de elite nas fronteiras entre o Sul e o Norte dos EUA. Eles ficaram conhecidos pelo nome de snipers e acabaram tonando-se parte das estratégias militares em outros confrontos, até mesmo fora dos Estados Unidos. Na época da Primeira Guerra Mundial, as forças de guerra da Alemanha utilizaram snipers. Já na Segunda Guerra Mundial, praticamente todas as nações possuíam atiradores desse tipo em suas fileiras, além de iniciarem escolas para formação exclusiva de franco-atiradores.

Cinema

No filme Franco-atirador, lançado em 1978 e dirigido por Michael Cimino, um grupo de operários é enviado à Guerra do Vietnã. Eles acabam sendo dominados pelos vietnamitas, que os obrigam a jogar roleta-russa entre eles. Um deles consegue escapar, mas não volta a levar uma vida normal devido à situação de violência a que foi colocado durante a guerra. O longa metragem de Cimino aborda temas como doenças mentais, drogas e infidelidade. A obra foi premiada com um Oscar de melhor filme e diretor e ganhou um Globo de Ouro.

Fontes:
http://houaiss.uol.com.br/busca.jhtm?verbete=franco+atirador&stype=k
http://pt.wikipedia.org/wiki/Atirador_especial
http://dicionariosdecinema.blogspot.com.br/2009/02/o-franco-atirador-cimino.html
http://www.mdig.com.br/index.php?itemid=24464

Arquivado em: Curiosidades