MI5

The Security Service, ou Serviço de Segurança em português, popularmente conhecido como MI5 (sigla para Military Inteligence, Section 5) é a agência nacional de inteligência e segurança do Reino Unido. Contando atualmente com cerca de 3800 integrantes, a sede desta organização governamental localiza-se na Thames House, em Londres. O Serviço de Segurança conta ainda com oito escritórios regionais em todo o Reino Unido, mais uma sede na Irlanda do Norte.

Fundada em 1909 com o nome de Secret Service Bureau, o nome MI5 surgiu em 1929, sendo que a agência foi logo renomeada em 1933, mas o nome permaneceu popularmente como referência ao serviço secreto britânico. O objetivo do MI5 é bastante diverso de outra organização britânica de nome similar, o MI6, cuja função é reunir informações diversas fora do Reino Unido em apoio à segurança do governo, defesa, política externa e econômica.

O MI5 tem sido responsável por proteger o Reino Unido contra ameaças à segurança nacional de terrorismo, espionagem e sabotagem, das atividades dos agentes de potências estrangeiras, e de ações destinadas a derrubar ou subverter a democracia parlamentar por meios políticos, industriais ou violentos. São cinco os seus principais focos de concentração: luta internacional contra o terrorismo; contra-terrorismo doméstico; proteção da segurança nacional; contra-espionagem e contra-proliferação. A agência atua ainda como fornecedora de consultoria de segurança para uma série de organizações dos setores público e privado, além de se dedicar ao combate da proliferação de armas de destruição em massa.

A fama no Reino Unido e em boa parte do mundo desta organização é explicado pelas suas diversas representações na ficção, em geral glamurizando o ambiente de uma agência de espionagem. Os agentes do MI5 são retratados muitas vezes como tendo uma "licença para matar". Tal coisa não existe no Reino Unido, já que o Serviço de Segurança não mata pessoas ou organiza assassinatos. Seus integrantes estão sujeitos à regra da lei da mesma forma como qualquer outro organismo público. Na vida real os agentes ingleses têm uma grande parte de seu trabalho envolto na rotina e árdua coleta de dados (embora estes serviços sejam muito importantes para o objetivo que tal tipo de organização deseja atingir), algo que certamente não é nada divertido de assistir. Ao contrário do que acontece muitas vezes na ficção, os agentes do MI5 realizam seu serviço pautados pela letra da lei. Suas operações são, desta forma, realizadas dentro de um quadro legal e com uma gestão cuidadosa do risco e supervisão.

Bibliografia:
Who We Are (em inglês). Disponível em. Acesso em: 01 abr. 2012.

Arquivado em: Curiosidades