Status Quo

Por Fernando Rebouças
A expressão Latina in statu quo res erant ante bellum significa o estado atual das coisas em qualquer momento por elas vivido. Em sinônimo utiliza-se a  expressão status quo.

“Manter o estado atual das coisas”, de forma geral em documentos e textos emprega-se a expressão “manter o status quo” . Se você pretende mudar tal situação, você pretende mudar o status quo.

O termo status quo é originário do termo diplomático in statuo quo ante bellum que , em português, significa “no estado em que estava antes da guerra”. Se você escreve: “Segundo o status quo” ; é o mesmo se você escrever: “segundo a situação ou momento atual”.

O termo “statuo quo” tem substantivo no nomitativo e o pronome do ablativo, sendo  o termo “statum quo” latino no substantivo acusativo, e “statuo quo” no substantivo no dativo. A expressão  in statu quo res erant ante bellum inclui dois ablativos, sendo o primeiro exigido pela preposição “in” e o segundo resultante da função da oração subordinada : “no estado em que as coisas estavam antes da guerra”.

Presente no dicionário Aurélio, a expressão “statu quo” é usada também em Portugal, França, Espanha e Itália. Escrito como “status quo”, é presente em textos na Alemanha, Holanda, Rússia, Polônia, Hungria, Suécia, Turquia e demais países anglófonos.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Statu_quo
http://wp.clicrbs.com.br/sualingua/2009/05/05/statu-quo/