Taça da Copa do Mundo

Por Fernando Rebouças
Depois que a taça Julies Rimet ficou sob a posse da CBF, em virtude do tricampeonato mundial da seleção brasileira em Copas, a FIFA iniciou o planejamento da confecção de uma nova taça. Em abril de 1971, a entidade abriu um concurso que recebeu 53 projetos de troféus de várias partes do mundo.

Venceu o projeto do artista plástico italiano Silvio Gazzaniga. A Taça Copa do Mundo FIFA é um troféu com formas humanas erguendo o globo terrestre, confeccionada em ouro maciço de 18 quilates e duas camadas de pedra malaquit verde em sua base.

A Taça Copa do Mundo não será entregue, assim como a Julies Rimet, a nenhum país em definitvo, o país vencedor do torneio só a leva para casa durnte os quatro anos de "comemoração" e de espera da próxima competição, recebendo uma réplica para guardar na sede de sua confederação. No fundo da taça são gravados os nomes dos campeões mundiais desde 1974.

A Taça Copa do Mundo terá vida útil até 2038, quando a taça será retirada de circuito competitivo e será confeccionada uma nova. A atual taça será guardada no acervo da FIFA.

A taça já foi conquistada até 2006, pela Alemanha (1974 e 1990); Argentina (1978 e 1986); Itália (1982 e 2006); França (1998) e Brasil (1994 e 2002).

Fontes
Site FIFA
Revista Isto É