População do Paraguai

Por Thais Pacievitch
O Paraguai tinha, em julho 2007, aproximadamente 6.669.086 habitantes, com uma densidade demográfica de 15 hab/km² (uma das mais baixas da América do Sul). 65% da população são mestiços (descendentes de espanhóis e de índios), 31% são brancos, 3% são ameríndios e 1% é o número de asiáticos (oriundos da China, Japão e Taiwan). Além de espanhóis, também há descendentes de alemães (na maioria dos casos menonitas) e italianos.

A maioria mestiça tende a uma cultura européia, por isso a parcela indígena da população tem dificuldades em manter sua identidade. Os indígenas estão agrupados em seis famílias, são elas: tupi-guaranis (a maioria), maskoy, matacomaraguaio, zamuco, toba-guaicurú e guarani ocidental.

A distribuição da população por idades acontece da seguinte maneira: 0-14 anos - 37,2% (1.262.408 homens e 1.220.809 mulheres), 15 – 64 anos – 57,7% (1.933.559 homens e 1.915.033 mulheres) e 65 anos ou mais – 5,1 % (155.660 homens e 181.617 mulheres). A taxa anual de crescimento é 2,416%, a de natalidade é de 28,77 em cada 1000 habitantes e a taxa de fertilidade é de 3,84 crianças por mulher. A expectativa de vida para os homens é de 73 anos e de 78 anos para as mulheres (segundo estimativas de 2008). O IDH (índice de desenvolvimento humano) é 0,757 e ocupa a nonagésima primeira posição no ranking mundial.

A população está distribuída irregularmente pelo território paraguaio, a maior parte dos paraguaios vive na região oriental. No Gran Chaco, que ocupa 60% do território, vivem apenas 2% da população. 94% da população com mais de 15 anos é alfabetizada.

A grande maioria do povo paraguaio professa a religião católica apostólica romana, isto se deve ao processo de evangelização realizado pelos missionários junto à população indígena e aos outros habitantes do país durante os séculos XVI, XVII e no início do século XVIII. Há também pequenos grupos de protestantes, judeus e muçulmanos.

O Paraguai é um país bilíngüe, o idioma oficial é o espanhol, mas a grande maioria da população também fala o guarani. Nas zonas rurais, três em cada quatro pessoas usam o idioma guarani para comunicar-se regularmente.

As principais cidades paraguaias são: Asunción (Assunção, capital), Ciudad del Este, San Lorenzo, Luque, Capiatá, Lambaré, Fernando de la Mora, Limpio e Ñemby e Pedro Juan Caballero.