População do Peru

Por Thais Pacievitch
A população do Peru conta com 29 milhões de habitantes (maio de 2008), é o quinto país mais populoso da América do Sul, ficando atrás somente do Brasil, México, Colômbia e Argentina. 55% do povo peruano vivem na costa do país, o restante se divide entre a região andina e a região amazônica. 72,2% da população daquele país vivem em centros urbanos e os 27,8% restantes vivem em regiões rurais.

A distribuição da população peruana, por idades, se dá da seguinte forma: 0 a 14 anos, 29,7% (4.409.227 homens e 4.253.836 mulheres), 15 a 64 anos, 64,7% (9.501.597 homens e 9.381.139 mulheres) e 65 anos ou mais 5,6% (770.389 homens e 864.711 mulheres). A cada mil nascimentos, nascem, no Peru, 19,77 pessoas, ocorrem 6,16 mortes e a taxa de mortalidade infantil é de 29,53 (32,02 homens e 26,93 mulheres).

A taxa de fertilidade é de 2,42 crianças por mulheres e a expectativa de vida (ao nascer) é de 70,44 anos (68,61 anos para os homens e 72,37 para as mulheres). A taxa de alfabetização é de 87,7% (93,5% homens e 82,1% mulheres). A densidade demográfica do Peru é de 22,5 habitantes/km².

A população do Peru é resultado da miscigenação de espanhóis (um pouco de italianos) e indígenas de diversas origens, a mestiçagem representa 42 % do povo. O elemento ameríndio está representado, naquele país, por 38% da população e sua origem, em sua maioria, são os povos quéchua e aymará. Em terceiro lugar está o grupo europeu, formado por espanhóis, italianos, franceses e ingleses, somando aproximadamente 15%. Afrodescendentes somam 3% e uma minoria asiática (chineses e japoneses) somam 2%.

A constituição peruana reconhece o espanhol como idioma oficial, mas também o quéchua e o aymará e outras, em regiões onde predominam. Nas últimas décadas, o número de pessoas que utilizam as línguas indígenas tem diminuído e a utilização do idioma espanhol tem aumentado. Boa parte do povo peruano é bilíngüe.

Como ocorre em vários países da América do Sul, o Peru também tem a grande maioria da população seguindo o catolicismo, dada a influência hispânica, que é manifestado com fervor e misturado ao misticismo das milenares culturas pré-hispânicas.

Muitos peruanos têm deixado seu país, desde o início do século XXI, os principais destinos têm sido a Espanha, os EUA e alguns paises da União Européia.