Acondroplasia (Nanismo)

Dentre os dois tipos mais comuns de Nanismo existe a Acondroplasia, que pode ser uma condição hereditária ou fruto de uma modificação genética, não sendo portanto necessária uma herança genética para que pessoas possam nascer com acondroplasia, qualquer casal de estatura mediana poderá, portanto, ter um filho com este tipo de nanismo.

As características físicas de um anão com acondroplasia são muito acentuadas e notórias, fazendo com que estas pessoas muitas vezes sofram preconceitos e sejam vítimas de piadas de mal gosto, já que estão fora dos “padrões de beleza”. São de baixa estatura, possuem pernas e braços pequenos, desproporcionais à cabeça a ao tronco. Quando adultos apresentam uma curva acentuada no final da coluna vertebral, provocando uma saliência. Podem apresentar também pernas curvas e pés tortos, e devido ao acentuado encurtamento das coxas e da parte superior dos braços possuem certos limites de movimentação, especialmente nos cotovelos que não podem ser flexionados completamente. Suas mãos são pequenas e seus pés, curtos e largos. Alguns problemas físicos como os pés tortos já possuem tratamento.

Por outro lado, possuem alguns ligamentos frouxos em suas articulações o que pode causar a flexão destas articulações em um ângulo maior do que o normal. Estas características podem colaborar para o diagnóstico da Acondroplasia. Quanto à sua capacidade intelectual, geralmente não é comprometida.

Muitas pesquisas ainda estão sendo feitas sobre a síndrome, mas tudo indica que a estatura dos pais com acondroplasia não interfere na estatura que a criança atingirá quando adulta. Sendo assim, qualquer pessoa poderá gerar outra com acondroplasia.

Para você que tem Nanismo, este site é muito interessante:

http://www.portaldonanismo.com.br/

Fontes:
http://www.ame-sp.org.br
http://pt.wikipedia.org/wiki/Nanismo
http://hypescience.com/tipos-de-nanismo/
http://publicacoes.gene.com.br

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Doenças genéticas