Polimialgia Reumática

A polimialgia reumática é uma desordem que leva à dor intensa e rigidez na musculatura do pescoço, ombros e quadris.

Afeta mais frequentemente indivíduos da terceira idade. Todavia, em raros casos, pode afetar pessoas com menos de 50 anos de idade. É mais comum em mulheres do que em homens.

Até o momento sua causa não foi elucidada. Sabe-se que, embora gere dor, não resulta de uma lesão muscular. Em alguns casos, manifesta-se concomitantemente à arterite temporal (arterite de células gigantes).

As manifestações clinicas envolvem dor intensa e rigidez dos músculos do pescoço, ombros e quadris, havendo uma intensificação da mesma durante o período da manhã e após períodos de inatividade. Acompanhando a dor muscular pode haver febre baixa, mal-estar geral, perda de peso e depressão. A sintomatologia pode surgir gradativamente ou de forma abrupta.

O diagnóstico é alcançado através de um exame físico detalhado, juntamente com exames complementares, como exame de sangue para investigação da taxa de hemossedimentação e teste de proteína c-reativa, bem como exames de imagem (ressonância magnética ou ultrassonografia) que apontam os locais de inflamação das articulações afetadas.

O tratamento habitualmente é feito com baixas doses do corticosteroide prednisona, porém, quando há arterite temporal associada, a dose utilizada deve ser maior. Ao passo que a sintomatologia torna-se mais branda, as doses do fármaco devem ser reduzidas até a dose mínima eficaz, devendo, dentro de 1 a 4 anos, ser suspensa, embora em certos casos seja necessário administrá-la por mais tempo.

Fontes:
http://www.minhavida.com.br/saude/temas/polimialgia-reumatica
http://www.medipedia.pt/home/home.php?module=artigoEnc&id=428
http://www.manualmerck.net/?id=77&cn=779

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Doenças, Ortopedia