Agrupamentos Comerciais

Os agrupamentos comerciais não é uma novidade, desde o século XIX o continente europeu já realizava este tipo de organizações supranacionais de base comercial.

A diferença entre o presente e o passado está relacionada com a variedade das formas dos agrupamentos. Existem na atualidade três tipos de agrupamentos comerciais, que são:

* Áreas de Livre comércio: São formadas por grupos de países que extinguem todas as tarifas e obstáculos comerciais entre seus membros, sem alterar as tarifas aplicadas ao resto do mundo. O melhor exemplo foi a Aelc (Associação Européia de Livre Comércio), criada em 1960 por um conjunto de países que não haviam entrado no Mercado Comum Europeu.

A Aelc era formada por Reino Unido, Noruega, Suécia, Dinamarca, Áustria, Suíça e Portugal.

* União alfandegária: Ocorre quando os países membros abolem todas as tarifas e obstáculos comerciais entre eles e adotam também uma tarifa externa comum. Um bom exemplo de união alfandegária foi o Benelux, organização criada em 1948 pela Bélgica, pelos Países Baixos e por Luxemburgo.

* União econômica: É a forma mais ampla de agrupamento comercial. Além da abolição de tarifas comerciais internas e da adoção de uma tarifa externa comum, esse tipo de associação cria dispositivos para a liberação das fronteiras internas, permitindo a livre circulação de capitais, bens e mão-de-obra.

A união econômica acaba adotando também uma série de medidas de homogeneização das suas políticas monetárias e fiscais, pode ocorrer também a essa união possuir apenas um Banco Central e uma moeda única. O exemplo mais bem sucedido deste tipo de agrupamento é a União Européia, que surgiu em 1991.

Esses tipos de organizações apresentam aspectos positivos como a ampliação do mercado consumidor interno, permitindo as empresas uma economia de escala. Uma outra vantagem é que com os agrupamentos comerciais, acelera-se a economia como um todo, pois as transações econômicas são ampliadas e os custos da comercialização, diminuem consideravelmente.

Assim como essas organizações apresentam vantagens, possuem alguns inconvenientes que deve ser levado em consideração. Um dos inconvenientes é que a administração é muito complicada, pois equilibrar o interesse de todos os participantes é quase impossível, certos produtores podem se sentir lesados e falências podem ocorrer.

Aparentemente essas organizações são ótimas. Mais o que se vê é a formação de uma crescente guerra comercial, pois esses agrupamentos dividem o mundo em blocos: dentro de suas fronteiras, o comércio ocorre de forma livre, mas fora delas a concorrência leva a formação de fortes barreiras comerciais.

Arquivado em: Economia, Geografia