Economia do Piauí

Por Thais Pacievitch
A economia do estado do Piauí tem como principais atividades o comércio e os serviços, embora a agricultura, a pecuária, a indústria, e o extrativismo vegetal e mineral também contribuam com o desenvolvimento do estado.  O Produto Interno Bruto – PIB (R$ 14.136 milhões em 2007) do estado corresponde a 0,53% da riqueza gerada em todo o país nesse período. O PIB per capita do Piauí é a menor dos estados brasileiros (R$ 4.661,56 em 2007) (AMARAL; NASCIMENTO, 2010).

São diversos os segmentos do comércio varejista e de prestação de serviços que contribuem de forma significativa para a economia do Piauí, principalmente calçados, vestuário, escolas, concessionárias, entre outros.

A agricultura no Piauí é, em grande parte, para a subsistência. A produção agrícola comercial é modesta. São cultivados: milho, arroz, mandioca, feijão, cana-de-açucar, banana, laranja, manga, alho, entre outras, como o algodão arbóreo.

A pecuária faz parte da história do Piauí, sendo relacionada à cultura e as tradições da região. A criação de caprinos é a mais significativa, favorecida pela facilidade de adaptação dos animais de menor porte as condições climáticas do semi-árido. São criados também: bovinos, suínos, asininos, ovinos e eqüinos. A apicultura do Piauí está entre as mais produtivas do Brasil.

O setor industrial ainda é pouco desenvolvido no Piauí. As indústrias de produtos químicos, têxtil, gêneros alimentícios e bebidas são as mais encontradas no estado.

A extração do babaçu e da carnaúba da Mata dos Cocais é a principal atividade de extrativismo vegetal no estado. O babaçu e a carnaúba são matérias-primas utilizadas em indústrias de cosméticos, automotivas, celulose, entre outras. A extração de minerais é potencialmente promissora, mais ainda pouco desenvolvida. São extraídos no Piauí: mármore, talco, amianto, ardósia, níquel, gemas, e vermiculita.

O turismo é importante para a economia do Piauí principalmente na região do litoral. Parques, inclusive no sul do estado, atraem turistas, ainda que em menor número.

Referências:
AMARAL, Luciano Monteiro do; NASCIMENTO, Milton Antonio do. Produto Interno Bruto Estadual e Municipal. Secretaria de Estado do Planejamento e Desenvolvimento de Roraima. 6 ª edição. Boa Vista: CGEES/SEPLAN – RR, 2010.

FREITAS, Eduardo de. Economia do Piauí. Disponível em:  http://www.brasilescola.com/brasil/economia-piaui.htm Acesso em 17 jan. 2011.

PIAUÍ. Conheça o Piauí. Governo do estado do Piauí. Disponível em:  http://www.piaui.pi.gov.br/piaui.php?id=1. Acesso em 17 jan. 2011.

ECONÔMIA DO PIAUÍ. Disponível em:  http://www.brasilchannel.com.br/estados/index.asp?nome=Piau%ED&area=economia Acesso em 17 jan. 2011.