Excedente do Produtor

Está no cerne da teoria econômica a ideia de que a efetivação voluntária de uma transação entre dois elementos, o vendedor e o comprador, proporciona benefício para ambas as partes. A análise de seus benefícios é frequentemente feita pelo emprego dos conceitos de excedente do consumidor (responsável por medir o benefício obtido pelo consumidor numa determinada transação) e o de excedente do produtor.

Assim, da mesma forma que há o excedente do consumidor, temos o excedente do produtor, que é o benefício obtido pelas firmas através da venda em um determinado mercado onde os preços estão acima da curva de custo marginal. Este surge porque os custos marginais estão abaixo do atual preço que as firmas recebem pelos seus bens no mercado.

O excedente do produtor está relacionado ao montante, em unidades monetárias, que este beneficia por produzir as quantidades que lhe darão a maximização de seu lucro, ou seja, quanto mais baixo o preço que o produtor estiver disposto a colocar em seu produto ou serviço, maior deverá ser a sua produção, de modo a recolher os dividendos de sua empreitada.

O excedente então resulta do fato de, para quantidades oferecidas inferiores à que se acaba por verificar no mercado, através do equilíbrio entre oferta e procura, uma empresa estar disposta a oferecer o seu produto a preços inferiores ao que acaba por conseguir obter. Neste ponto, o conceito de excedente do produtor se cruza com a Teoria da Oferta e Demanda, que tem por objetivo explicar os preços e as quantidades dos bens transacionados em uma determinada economia de mercado, assim como suas determinadas variações.

O preço que determinada empresa está disposta a oferecer à primeira unidade do produto que comercializa é por regra inferior ao preço a que oferece à segunda e assim sucessivamente. Desse modo, quando esta consegue operar um preço para a primeira unidade superior ao que inicialmente estava disposto a aceitar, capta um benefício correspondente à diferença entre os dois valores, ocorrendo o mesmo processo em relação a todas as unidades anteriores à última oferecida, atingindo-se um preço que termina por prevalecer ante o mercado, sendo o benefício de cada uma dessas diferenças decrescente.

Em termos gráficos, a representação da oferta é feita por meio de uma curva crescente da esquerda para a direita, onde o eixo vertical representa a variável preço e o horizontal a variável quantidade. O excedente do produtor surgirá no triângulo que apresenta como lados a própria curva da oferta, sendo o eixo vertical e a linha horizontal correspondente ao preço de equilíbrio do mercado, respectivamente.

Além do lucro, faz-se importante mencionar que o excedente do produtor vai abranger o valor dos custos fixos da empresa.

Bibliografia:
Excedente do produtor. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2011. [Consult. 2011-08-24].
Disponível na www: http://www.infopedia.pt/$excedente-do-produtor.

Arquivado em: Economia