Logosofia

A Logosofia é um conjunto de princípios elaborado pelo livre pensador e humanista Carlos Bernardo González Pecotche, uma ciência original que proporciona ao ser humano conhecer a si mesmo e, assim, ter o controle de sua essência. Ela propõe conceitos e a práxis destes, visando conquistar o auto-aperfeiçoamento, a reforma interior, por meio de uma jornada evolutiva consciente. Esta doutrina, além de permitir ao indivíduo ter o conhecimento de si mesmo, lhe propicia ter uma noção de Deus, do Cosmos e de suas leis eternas.

Esta ciência revela uma nova visão do ser humano, um meio renovado de perceber e interpretar a existência, ampliando as perspectivas estreitas e limitadas do ser que têm vigorado ao longo da história da Humanidade. Assim, o Homem pode utilizar seu potencial em uma escala maior, pois terá uma idéia muito mais ampla de seu poder interior, tanto da sua psique quanto do seu espírito.

Com toda perturbação que o Homem vem se deparando, diante de um desequilíbrio crescente da existência, em um contexto que gera ameaças profundas ao espírito, é preciso inovar, buscar novas respostas, concretas e persistentes, aos desafios que se apresentam constantemente à mente humana. É, portanto, hora de transformar os paradigmas até agora adotados pela nossa civilização.

Desta forma a Logosofia – ‘logos’ e ‘sofos’, respectivamente verbo criador e ciência original -, orientando a compreensão do ser, torna a existência plena de significado quando concede ao Homem os instrumentos e recursos necessários para sua transformação psicológica e espiritual. Cada um tem a oportunidade de descobrir caminhos e respostas em seu íntimo para depois compartilhar com seus companheiros de jornada, cooperando assim para a elevação do padrão vibratório da Humanidade.

Sua metodologia consiste em dosar o conhecimento à mente do Homem, adaptando os ensinamentos logosóficos ao potencial de absorção que a aptidão individual é capaz de desenvolver. Assim, cada um receberá o conhecimento que é passível de compreender e praticar. Não há uma doutrina inflexível, ou dogmas impositivos, e sim um manancial de orientações e conselhos a serem transmitidos a todos os que se encontram receptivos ao aprendizado. Este método se processa em três fases: a análise interpretativa dos conceitos, sua prática existencial e o burilamento das habilidades conquistadas. Percorrer essas três etapas significa adquirir pleno desenvolvimento da consciência individual.

Seu criador, Carlos González, nasceu no dia 11 de agosto de 1901, na Argentina, fruto da união entre Jorge Néstor González e Maria Pecotche. Era também chamado de Raumsol. Ele morreu no dia 4 de abril de 1963, em Buenos Aires.

Fontes
Logosofia.org.br

Arquivado em: Educação