Marketing Educacional

Por Fernando Rebouças
Toda estratégia e planejamento do marketing utilizado no mercado de prestação de serviços de ensino e capacitação é referido como marketing educacional. Visa conquistar, manter e fidelizar os alunos (considerados clientes mensalistas) aos serviços de uma determinada Instituição de Ensino.

Há o termo “marketing para Instituições de Ensino” que propõe o mesmo conceito e ação de mercado. Em suma, o marketing educacional é implementado por instituições de ensino, na sua maioria particulares.

São ações que determinam as necessidades e desejos dos estudantes (público-alvo) e que indicam a característica e direcionamento de projetos pedagógicos, comunicação, divulgação e serviços institucionais. É o desafio de ser uma escola de qualidade, e atrativa para os consumidores em todos os níveis de contrato de prestação de um serviço.

Nos atuais, além de conquistar um diploma, o aluno-cliente está em busca de uma instituição que ofereça bons materiais de estudo, instalações, corpo docente preparado, e acesso a informações e experiências reais. São fatores que permitirão uma melhor capacitação e salto de qualidade na aprendizagem.

O público interno e externo de uma universidade abrange os administradores, o conselho administrativo, o corpo docente, funcionários, auxiliares, voluntários, doadores, consumidores finais, público local, empresas de comunicação, instituições de pesquisa, e profissionais de apoio especializado.

Como todo semestre e ano é composto por renovações de conteúdo pedagógico e de professores, o marketing educacional deve ser sempre renovado. Além de uma boa imagem corporativa e de uma campanha publicitária eficaz, a instituição deve sempre atestar a qualidade de seus cursos e instalações constantemente junto à sociedade.

Recrutar o aluno não é uma ação somente a ser realizada na época de matrículas e vestibulares, é necessário fomentar eventos com futuros alunos, abrangendo estudantes de graus precedentes aos cursos oferecidos pela instituição, ofertar vantagens aos alunos que pararam os seus estudos e aos profissionais que buscam uma reciclagem em seus conhecimentos ou nova formação.

Segundo Kotler, o marketing é uma função gerencial que oferece estrutura e ferramentas para que as instituições de ensino possam ser melhor sucedidas em atrair e atender seus públicos. Sobretudo, assim como em todo planejamento, conhecer bem o seu público interno e externo, e as necessidades de pesquisas científicas e de formação para o mercado.

A Instituição de ensino particular oferece cursos e conteúdos que satisfaçam a necessidade de aprendizagem e capacitação de um determinado aluno e, em troca, recebe recursos financeiros através das mensalidades cobradas aos alunos. Porém, além de pagante dos serviços, o aluno deve ser um grande colaborador da manutenção da qualidade de um curso, expressando suas ideias, sugestões e reclamações em momentos cabíveis.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Marketing_educacional
http://revistaeletronica.sp.senai.br/index.php/seer/article/viewPDFInterstitial/6/14
http://revistaadmmade.estacio.br/index.php/admmade/article/view/12/22