Orientação Vocacional

A orientação vocacional é o processo de ajuda ao estudante destinado a conseguir uma compreensão adequada das diferentes opções profissionais, que ocorrem no mundo da educação, elegendo aquela que esteja mais de acordo com os interesses e objetivos pessoais.

(Foto: © iStock.com / AndreyPopov)

(Foto: © iStock.com / AndreyPopov)

A educação vocacional ou educativa está interessada em completar o desenvolvimento dos estudantes de forma individual, através de uma série de tarefas feitas para maximizar o aprendizado escolar, estimular o desenvolvimento autônomo e responder aos problemas pessoais e sociais que freiam a evolução pessoal. Ainda que estas atividades sejam normalmente desenvolvidas por pedagogos ou psicólogos, a orientação vocacional é uma atividade cooperativa que implica na participação de professores, pais, diretores e outros especialistas.

A origem da orientação vocacional está intimamente ligada ao desenvolvimento dos serviços de orientação profissional e educativa. Na década de 50, este tipo de atividade não estava restrita às indicações puramente educativas, mas também abarcavam problemas de ajuste social.

Nas escolas públicas e privadas os programas de orientação estão organizados como uma série de serviços próprios do centro educativo, planejados de forma acadêmica. Os profissionais da orientação ajudam os estudantes no desenvolvimento do currículo, na seleção de cursos individuais, bem como nas dificuldades acadêmicas.

A valorização é outra função da orientação vocacional. São propostos determinados testes para conseguir o êxito acadêmico, identificar aptidões individuais, descobrir os interesses profissionais e analisar as características pessoais. Os testes são também utilizados para identificar os estudantes com maior facilidade de aprendizado, como também aqueles que apresentam dificuldade de ensino, caso específico em que serão realizadas as mudanças necessárias no ensino para o pleno desenvolvimento do aluno.

Outros serviços englobam programas que facilitem o conhecimento das alternativas existentes, os programas de atividades sociais e possibilidades laborais. Os orientadores trabalham com os professores e as famílias coordenando esforços para ajudar a resolver os problemas específicos dos estudantes e, se necessário, podem solicitar a ajuda de outros profissionais para tentar resolver os problemas de caráter pessoal.

Arquivado em: Educação