Redação no ENEM

Por Fernando Rebouças
Além da prova objetiva, o candidato, no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), é exigido a redigir um texto dissertativo-argumentativo relacionado a temas sociais, políticos, culturais e científicos.

A prova de redação avalia cinco competências: Domínio da norma culta da língua escrita, compreensão da proposta da redação, interpretar e relacionar fatos, demonstrar conhecimento na língua, propor solução ao problema.

O candidato precisa demonstrar conhecimento mínimo de regras de escrita, incluindo pontuação, regência, crase, uso verbal e demais conhecimentos gramaticais.

Deve compreender o tema proposto pela redação e desenvolvê-lo através de diversos conceitos dentro do limite dissertativo-argumentativo, não é aceito escrever um texto no formato de um poema. É necessário ser claro e coerente na argumentação e na opinião.

É necessário saber expressar dados e opiniões realmente confirmáveis na imprensa e na opinião pública, que sejam pertinentes sem parecer inventivos. Selecionar o melhor argumento para defender a sua opinião.

O argumento e a opinião que o candidato defende devem ser expostos de maneira lógica, como por exemplo, no método causa e consequência. Além disso é fundamental saber usar advérbios, locuções adverbiais e conjunções da maneira correta.

Na conclusão do texto é necessário reafirmar o assunto, mas sugerir uma solução para o problema proposto no tema. A solução deve ser resultante de uma relação lógica e coerente com os argumentos e dados expostos no desenvolvimento do texto.