Banco de Dados Georreferenciados

Por Caroline Faria
Para entender o que é um banco de dados georreferenciados precisamos, primeiro, entender o que significam os termos “banco de dados” e “georreferenciados”:

O banco de dados, ou base de dados, pode ser definido como um conjunto de dados logicamente relacionados e com algum significado.

Georreferenciamento, de forma simplificada, é uma atividade que consiste em referenciar dados ou objetos com base em sua localização geográfica.

Diz-se, portanto, que um banco de dados é “georreferenciado” quando os dados constantes nele têm uma correspondência com o objeto real representado. Assim, o banco de dados georreferenciados é o principal componente do SIG, Sistemas de Informações Geográficas, utilizado para possibilitar análises complexas das informações obtidas sobre determinado local, empreendimento, fenômeno climático, etc.

Alguns modelos de bancos de dados utilizados para SIG (Sistemas de Informações Geográficas) são: o modelo “relacional” e o modelo “orientado a objetos”.

O banco de dados relacional é um modelo no qual os dados são organizados na forma de tabela (modelo de relação) onde as colunas correspondem aos atributos (ou campos) e as linhas, também chamadas de tuplas, correspondem aos dados ou registros. Este modelo de base de dados, é o mais utilizado para aplicações tradicionais e menos complexas (ex.: Vision GIS). Para que possam ser feitas operações comuns em SIGs neste tipo de modelo, são necessárias algumas extensões da linguagem SQL (utilizada nos Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados – SGBD – deste tipo. Como a inclusão de operadores geográficos do tipo “contém”, “vizinho a”, etc.), além da implementação de mecanismos de indexação espacial (= permitem organizar os dados de forma a manter sua relação com o espaço que ocupam)

Entretanto, de forma geral, o modelo de banco de dados “orientado a objetos” é o mais utilizado para SIGs e outras aplicações específicas que exigem uma complexidade maior (ex.: ArcGIS, SPRING). Neste tipo de banco de dados as informações são armazenadas na forma de “objetos”: “qualquer módulo que contém rotinas de dados e estruturas, e é capaz de interagir com outros módulos similares, trocando mensagens”.