Comitê Olímpico Internacional

O Comitê Olímpico Internacional (COI) é uma organização não governamental fundada no dia 23 de julho do ano de 1894. Sua criação, idealizada por Pierre de Coubertin, tinha por objetivo o retorno nos Jogos Olímpicos gregos, que seriam organizados e realizados a cada quatro anos. A sustentação do COI dá-se com a publicidade e a venda de artigos em comemoração aos Jogos Olímpicos e por comercialização dos direitos de transmissão das Olimpíadas para redes de telecomunicação.

A criação do Comitê Olímpico Internacional remete ao ano de 1896, quando, depois de 1500 anos parados, os Jogos Olímpicos retornam na era moderna. Com isso, Coubertin achava que poderia travar um diálogo entre as nações exemplificado com o espírito esportivo e buscar um melhor entendimento entre os países. Porém, hoje o que se vê é o COI como um administrador legal e legislador dos Jogos Olímpicos, detentor dos direitos autorais, das marcas registradas e outros assuntos que fazem referencia às Olimpíadas. Tanto a bandeira quanto o lema e o hino olímpico são de propriedade do COI e unicamente administrados por pela entidade. Isso se deve ao fato do COI ser o órgão que controla o Movimento Olímpico, que são as Federações Esportivas Internacionais e os Comitês Olímpicos Nacionais.

Além das atividades de legislação e controle, o COI tem o poder de decisão sobre a o local de realização dos Jogos Olímpicos. Quando uma cidade tem a intenção de sediar as Olimpíadas, normalmente, seus representantes entregam uma proposta de candidatura ao Comitê Olímpico Nacional. Este, por sua vez, leva a proposta para análise do COI, que decide se os jogos poderão ou não ser realizados na cidade em questão. Para decidir, há uma votação em que delegados são representantes dos países membros do COI.

Atualmente, o presidente do COI é Jacques Rogge, belga que está no cargo desde o ano de 2001. O presidente da entidade tem a função de representar o COI em sua totalidade e definir situações quando o Conselho Executivo não tem a possibilidade de se reunir. Em 2020 ocorrerá a próxima eleição do órgão em paralelo com a escolha da sede dos Jogos Olímpicos de Verão.

A escolha para a presidência do COI é feita pela Assembleia do Comitê Olímpico Internacional. Os votos são secretos e a duração no cargo é de oito anos, podendo ser renovada por mais quatro.

Fontes:
http://www.cob.org.br/
http://www.infopedia.pt/$comite-olimpico-internacional
http://www.brasil.gov.br/sobre/esporte/esporte-olimpico/comite-olimpico-brasileiro-cob

Arquivado em: Esportes