Copa do Mundo de 1950

A Copa do Mundo de 1950 foi realizada no Brasil e contou com a participação das seleções representantes dos seguintes países: Brasil, Iugoslávia. Suíça, México, Espanha, Inglaterra, Chile, Estados Unidos, Suécia, Itália, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Índia, Turquia e Escócia (os três últimos desistiram da competição). As cidades brasileiras que sediaram os jogos foram Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Porto Alegre.

Esta foi a quarta Copa do Mundo realizada pela FIFA (Fédération Internationale de Football Association) e apresentou diversas novidades. Pela primeira vez uma seleção inglesa participava da competição, mas acabou sofrendo uma derrota listrada para a seleção amadora dos Estados Unidos. Houve também diversas goleadas históricas como os 8 X 0 do Uruguai em cima da Bolívia, os 7 X 0 do Brasil na Suécia e 6 X 1 na Espanha. Muitos craques foram revelados na Copa do Mundo de 1950, entre eles merecem destaque: Ademir de Menezes, Zizinho, Jair da Rosa Pinto, José Carlos Bauer, Obdulio Varela e Juan Alberto Schiaffino.

A escolha do Brasil para a disputa realizada em 1950 não foi por acaso. Naquela época, a Europa havia acabado de passar por duas Guerras Mundiais e estava em reconstrução. Com todos os países europeus sem condições, sem os recursos necessários para sediar uma Copa, a FIFA desistiu e optou pela realização da IV Copa do Mundo FIFA no Brasil. Com esta decisão, o governo brasileiro investiu na construção do estádio do Maracanã, que na época era considerado o maior do mundo.

A Copa do Mundo de 1950 teve uma fase final diferente das que vemos atualmente. Não houve quartas e nem oitavas de final, as quatro melhores equipes classificadas em seus grupos iniciais formaram um grupo final e disputaram entre si por pontos corridos. Na primeira rodada, ocorrida no dia 9 de julho, o Brasil goleou a Suécia por 7 X 1 e Espanha empatou em 2 X 2 com o Uruguai. Quatro dias depois era disputada  a segunda rodada. Desta vez, o Brasil goleou a Espanha por 6 X 1 e o Uruguai ganhou da Suécia por 3 X 2.

No fatídico dia 16 de julho de 1950 ocorria a última rodada da Copa do Mundo de 1950. O grupo principal encontrava-se com o Brasil com 4 pontos, o Uruguai com 3 pontos, a Suécia sem nenhum ponto e a Espanha com 1 ponto. Bastaria um empate contra o time o uruguaio e o Brasil seria o campeão do mundo.

Porém, por ironia do destino, este dia ficou conhecido na memória do país como um dos dias mais tristes para o futebol brasileiro. A última partida foi apelidada de Maracanaço, pois o estádio contava com 199.854 pessoas. Apesar do apoio do público, o Brasil perdeu por 2 X 1 para o Uruguai, jogando no lixo todo o favoritismo que havia conseguido com duas goleadas na fase final. O nome do algoz do Brasil foi Ghiggia, que desempatou a partida para a favor do Uruguai aos 79 minutos pondo fim ao sonho brasileiro.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Copa_do_Mundo_FIFA_de_1950
http://www.campeoesdofutebol.com.br/copa1950.html
http://www.dominiojovem.com.br/?p=6288

Arquivado em: Esportes