Fisiculturismo

Por Thais Pacievitch
O fisiculturismo é um sistema de exercícios para fortalecer e aumentar os músculos do corpo.

O fisiculturismo não é considerado um esporte oficial, mas algumas pessoas o defendem como um esporte.

As pessoas que o defendem como esporte usam os seguintes argumentos:

  • Os atletas fazem esforços físicos de grande intensidade na prática do exercício
  • Os atletas posam, fazem flexões, e outros esforços no momento da competição.
  • É preciso controle intenso do corpo

O fisiculturismo não é um esporte Olímpico, porém, está incluso no Pan-americano e nos Jogos Asiáticos. Existem ainda alguns campeonatos amadores.

Os pré-requisitos para a participação em uma competição são: volume dos músculos, proporção entre eles e a definição muscular. A competição é disputada através de comparação das seguintes condições:

  • Tamanho dos músculos
  • Força
  • Proporção
  • Definição
  • Estética

Para o desenvolvimento dos músculos, o fisiculturista utiliza estratégias como: Treinamento em resistência de pesos, repouso e nutrição especial, acrescentando proteína extra à alimentação, inclusive através de suplementos alimentares, entre outros.

Outra forma de aumentar a massa muscular é a utilização de anabolizantes.
Os anabolizantes nada mais são do que hormônios sintetizados, que causam graves danos a saúde e são proibidos.

Apesar da proibição e da divulgação dos prejuizos que os anabolizantes causam a saúde, sabe-se que a maioria dos fisiculturistas os utilizam com a orientação de endocrinologistas e nutricionistas. Os efeitos da utilização de anabolizantes podem ser simples, como o aparecimento da acne, ou graves, como a hipertrofia prostática, a agressividade, a impotência, a esterilidade, a hipertensão e a hepatotoxidade, entre outros.

O fisiculturista mais famoso da história é o ex-ator e político (atualmente governador da Califórnia - EUA) Arnold Schwarzenegger.