Kitesurf

O Kitesurf é um esporte aquático que utiliza uma pipa ou papagaio e uma prancha com suporte para os pés, sendo o objetivo, “voar” e deslizar sobre a água, puxado pela pipa. É uma mistura de windsurf, surfe e wakeboard. Este esporte é bem recente e esta ficando popular no Brasil e no mundo.

A pipa é presa em um cinto, na cintura do esportista , e ele se coloca em cima da prancha sobre a água. A partir daí o vento impulsiona a pipa, fazendo a prancha deslizar sobre a água. O esportista tem uma barra de controle, com a qual pode escolher seu trajeto e realizar saltos incríveis.

O Kitesurf foi criado em 1985 por dois franceses: Bruno e Dominique Legaignoux. O nome vem da junção de duas palavras inglesas: kite, que significa pipa e surf, que quer dizer deslizar sobre a água.

Os equipamentos utilizados para a prática do Kitesurf são:

Prancha – varia conforme o estilo do atleta, podendo ser direcionais (parecidas com as pranchas de surfe), bidirecionais (não tem frente, ambos os lados são iguais) ou wakeboard (com pouca flutuação).

Kite – é o principal equipamento, ou seja, é a pipa. O kite é feito com o mesmo material dos paráquedas, e tem formato de asa em arco.

Cinto – é o que conecta o esportista e a pipa.

Barra de controle – é com a barra de controle que o atleta controla a direção e a velocidade. Seu comprimento é de 90 cm e conta com um sistema de “freios” para parar a pipa em caso de emergência.

Linhas – são as linhas que ligam o kite ao surfista, sendo três os tipos de linhas, com diferentes funções. As principais são chamadas de Kevlar, e sua função é de controlar o kite. Para isso são extremamente resistentes e tem pouca elasticidade. A linha de vôo liga a barra de controle ao kite, e mede 30 metros, aproximadamente. A linha de freio é para frear.

As manobras realizadas podem ser de transição (mudança de direção), de salto (feitas no ar) e as feitas na onda (adaptadas do surf, mas com grau de dificuldade alto). As pontuações são diferentes para cada tipo de manobra.

Nas competições de Kitesurf, a maior preocupação é com a segurança, tanto dos atletas, quanto do público. Cada bateria é disputa por dois atletas, que competem pela classificação para a fase seguinte. As regras para os casos de atletas que se cruzam durante a bateria são rigorosas, considerando principalmente a direção do vento. O perigo do kitesurf está nas linhas, que podem se enrolar e causar acidentes graves.

Arquivado em: Esportes