Maratona

Maratona é a corrida mais longa do atletismo. São 42,195 km de muito esforço, desgaste, dificuldade e resistência. Históricamente é a última e mais emocionante prova dos Jogos Olimpicos.

Foto: lzf / Shutterstock.com

Foto: lzf / Shutterstock.com

A Maratona é disputada desde os primeiros Jogos Olímpicos da era moderna, em 1896, sendo que o percurso a princípio era de 40 km.

Segundo a lenda, no ano 490 a.C. Pheidippides correu aproximadamente 40 km fazendo o percurso da Planície de Maratona até Atenas, para dar uma boa notícia.

Os persas haviam jurado aos gregos que, caso vencessem a batalha, invadiriam Atenas, violariam suas mulheres e matariam seus filhos.
Temendo tal violência, ficou combinado que as mulheres matariam seus filhos e cometeriam suicídio, caso não tivessem noticias sobre a vitória dentro de 24 hs.

Como os atenienses venceram os persas, Pheidippides foi incumbido de correr todo o Vale de Maratona até Atenas para impedir a desgraça.
Segundo a história, Pheidippides ao chegar só teve fôlego para pronunciar a palavra “vencemos”, e caiu morto.

Se a lenda é verdadeira não se sabe, mas o fato é que na primeira Olimpíada da era moderna, em 1896, Pheidippides foi homenageado com a criação da prova da Maratona, ainda com um percurso de 40 km.

Pheidippides não foi o único a perder a vida nessas condições. Em 1912, em uma Maratona em Estocolmo, um português chamado Francisco Lázaro morreu durante a prova.

Alias, o percurso aumentou por outro fato curioso. Em 1948, quando os Jogos Olímpicos foram sediados na Inglaterra, o percurso foi aumentado em 2,195 m, para que a família Real pudesse assistir a largada da prova sem sair do Palácio de Windsor.

Atualmente são várias as provas de Maratona espalhadas pelo mundo. A prova anual de Maratona mais antiga acontece desde 1897, no Dia do Patriota, em Boston, nos Estados Unidos.

As principais Maratonas no Brasil acontecem em São Paulo (São Silvestre), Curitiba, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Fontes
FERNANDES, José Luis. Atletismo: corridas. 2. ed. rev. São Paulo: EPU, 1979.

Arquivado em: Esportes