Teste de Gravidez

Por Douglas Madeira Fernandes
Os testes de gravidez são usados para detectar se houve ou não a fecundação do espermatozoide (masculino) no óvulo (feminino), mas nem sempre os exames dão um diagnóstico correto, existem os chamados "falso positivo" e "falso negativo", que ocorrem quando o exame não é realizado de forma correta ou por falha do aparelho examinador.

Teste de gravidez de farmácia

Também devemos levar em consideração que a gravidez é constituída de vários processos que devem ocorrer de forma precisa e organizada para que não seja interrompida antes da hora.

Os testes de gravidez são muito procurados após uma relação sexual sem 0 uso de algum tipo de anticoncepcional ou quando a menstruação da mulher esta atrasada mais do que o de costume, só que devemos saber que do momento da ejaculação até a fecundação existe uma janela (tempo para o espermatozoide chegar até o óvulo) por isso não se realiza um exame logo após uma relação.

Existem vários tipos de exames para detecção da gravidez, cada um com sua especificação e forma de realização.

Apesar de existirem vários tipos de testes, os mais precisos são os exames que medem a dosagem hormonal e de preferência a Gonadotrofina Coriônica Humana ou HCG. Apesar de poder ser dosado tanto na urina quanto no sangue, a dosagem sanguínea laboratorial é a que possui maior sensibilidade (quanto maior a sensibilidade maior a capacidade de precisão no diagnóstico, diminui a chance de ocorrer um falso negativo ou positivo).

A dosagem sanguínea do hormônio HCG é realizada desde com a separação do soro (parte líquida do sangue) para análise. Neste soro contém o Hormônio HCG e para o exame de gravidez é mais rápido, prático e preciso que se dose apenas a porção beta do HCG por isso o exame também pode ser chamado de Beta-HCG.

Os níveis de HCG começam a se elevar entre o 6º e 8º dia após a fecundação (após o processo de Implantação do óvulo fecundado no útero)

Teste de gravidez laboratorial

Os níveis normais de HCG no sangue devem estar abaixo de 5 mIU/ml para que se considere um teste negativo.

Níveis variando de  5 mIU/ml até 25 mIU/ml  os testes são descritos como indefinidos, podem significar uma gravidez muito recente pelo fato o hormônio não ter sido produzido em grande escala e ser detectado no sangue nestes casos pode ocorrer algum tipo de "falso" . Nesse caso deve-se repetir o exame após 3 dias.

Valores superiores a 25 mIU/ ml podem ser considerados positivos, lembrando que os níveis de HCG podem dobrar ou triplicar a cada 24-48 Hs podendo chegar a  níveis superiores a 150.000 mIU/ml.

após a 10º semana os níveis retornam para mais ou menos 10.000 mIU/ml e estabilizam.

Os testes de gravidez vendidos em farmácias (em média R$ 8,00 ) existem desde a década de 1970, e por serem mais confortáveis, discretos e não serem invasivos ganharam o mercado rápido. O processo é o mesmo e se baseia na dosagem de HCG, só que ao invés de sanguíneo o HCG urinário que tem níveis menores, mas depois de alguns dias após a fecundação ( 20 - 30 dias ) a sensibilidade pode chegar a 99%,  praticamente deixando o resultado isento de "falsos".

Fontes:
http://www.mdsaude.com/2009/06/sintomas-de-gravidez-teste-de-gravidez.html
http://bebe.abril.com.br/materia/teste-de-gravidez
http://www.plugbr.net/teste-de-gravidez-quando-realizar-precisao-e-quanto-custa-o-teste/

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.