Mais do que uma lição: Ética

Ética. Palavra tão escutada, abordada na maioria das organizações, mas que sempre, ou quase sempre tem o efeito de não ser praticada em efeito contínuo, gerando resultados desastrosos. Com isso, podemos fazer inicialmente um ‘flash-back’ em suas cabeças, trazendo, em especial, fatos da mídia, que aconteceram algum tempo e nos mostrou uma verdadeira lição de vida sobre a ética.


O exemplo foi a história, em meados de 1994, da famosa Escola Base. A falta de ética, humanidade, respeito, disciplina de alguns cidadãos comuns, de imprensa, de autoridades da época resultaram em verdadeiros desastres aos donos daquela instituição. E junto com a falta de ética, entrou a famosa ‘Lei de Gerson’ e um único pensamento: levar vantagem em cima de inocentes que, hoje em dia, sofrem de depressão, sobrevivendo um pouco daquilo que lhes restou. Contudo, este é um dos exemplos de negatividade em que uma organização pode enfrentar caso não use essa conduta.


No entanto, como alerta, lá vão algumas dicas retiradas do livro “Comunicação Interna: a força das empresas”, volume 1,pag. 95 a 97, Paulo Nassar, org. (Aberje Editorial), 2003:


Antes: Definição de estratégia geral (análise da missão, valores e ética da empresa, plano de emergência); Durante: dizer sempre a verdade, ouvir a todos e; Depois: recuperar a imagem, avaliar o que foi perdido, reconhecer os heróis e recomeçar. Em resumo, ter um propósito, paciência, persistência e perspectiva são pontos principais para podermos usar como ingredientes, dentro de nosso dia-a-dia. E lembrando ‘a verdadeira lição de vida’ do filósofo Aristóteles "nosso objetivo é tornar-nos homens bons, ou alcançar o grau mais elevado do bem humano. Este bem é a felicidade; e a felicidade consiste na atividade da alma de acordo com a virtude" (Ética a Nicômaco).

Fontes de pesquisa:

Livro: “Crises empresariais – com a opinião pública”. Roberto de Castro Neves, pag 148. Ed Mauad, 2002;

Livro: “Comunicação Interna: a força das empresas”, volume 1,pag. 95 a 97, Paulo Nassar, org. (Aberje Editorial), 2003.

Arquivado em: Ética, Filosofia, Jornalismo