Lei de Coulomb

O físico francês Charles Augustin Coulomb desenvolveu uma balança de torção que possibilitou estabelecer uma relação matemática entre a carga de dois corpos e sua força elétrica produzida. ( Uma balança de torção consiste em um mecanismo que é sensível ao torque, ou seja se o corpo for atraído ou sofrer algum tipo de repulsão esta balança pode calcular sua grandeza.)

Assim Coulomb constatou que:

→ A intensidade da força elétrica é diretamente proporcional ao produto das cargas elétricas.
→ A intensidade da força elétrica é inversamente proporcional ao quadrado da distância entre os corpos.

Portanto temos a equação que relaciona a intensidade da força elétrica (F) como sendo:

F = k \frac{\text{|Q_1|  \cdot  |Q_2|}}{d^2}

Onde Q1 e Q2 são o valor da carga elétrica de cada corpo que são medidas em coulomb (C), d é a distância entre as partículas e k é a constante dielétrica do meio no caso do vácuo é de 9x109 Nm2/C2.

A força elétrica, bem como todos os tipos de força obedecem a lei da ação e reação assim para cada tipo de interação obtemos as forças aos pares.


Conclusões importantes:

→ mantendo-se a distância entre os corpos e dobrando-se a quantidade de carga elétrica de cada um , a força elétrica será multiplicada por quatro.
→ mantendo-se as cargas elétricas e dobrando-se a distância a força elétrica será dividida por quatro.

Arquivado em: Física