Unidades de Massa

Por Gláucio da Silva Freitas
Podemos dizer que massa é o que mede a quantidade de matéria que esta contida em um corpo. Os estudos inovadores voltados a tecnologia nos possibilitam uma análise mais precisa que envolve o conceito massa. Como estudamos baseados no sistema internacional de unidades, determinamos que a unidade de massa é o grama (g). Usamos para representar as quantidades de massa superiores as do grama seus múltiplos dag (decagrama), hg (hectograma) e Kg (Quilograma).

Já Para representarmos quantidade de massa inferiores, usamos seus submúltiplos dg (decigrama), cg (centigrama) e mg (miligrama). Evidentemente esses são os mais usados dos múltiplos e submúltiplos, como podemos verificar em cargas de grande porte quando se destacam os múltiplos, inclusive um que não aparece normalmente em nas escalas de conversão quando se é estudado o assunto, que é a tonelada, podendo ser chamado também de Megagrama (que corresponde a 10³ Quilogramas). Os submúltiplos encontramos com maior frequência em corpos de pequeno porte como remédios e produtos laboratoriais, existindo também outras unidades menos trabalhadas. Em determinados momentos é necessário sabermos como realizar as conversões necessárias para facilitar certos tipos de situação problema que envolvem massa, com a tabela de transformação de múltiplos e submúltiplos citados acima que são os mais usados.

Kg     -- x10 -->       hg   -- x10 -->    dag     -- x10 -->      g    -- x10 -->       dg     -- x10 -->        cg         -- x10 -->     mg

Acima em ordem decrescente temos as unidades de massa e podemos dizer que cada uma das unidades é 10 vezes maior que a próxima, podendo fazer assim a multiplicação por 10 para chegarmos a unidade desejada para a realização da conversão. Exemplo: Gostaríamos de saber quantos gramas são equivalentes a 4 kg. Simples, basta multiplicarmos por 10 em 3 vezes consecutivas para chegarmos a unidade de grama (g), pois kg x 10 x 10 x 10 = g, logo 4 kg é igual a 4000 g, e se observarmos ainda, andamos 3 casas da sequência de unidades criada acima para chegarmos a unidade desejada.

 Kg        hg       dag      g

O processo de conversão deve ser realizado de forma cuidadosa, pois como podemos ver fizemos apenas o processo de diminuição da unidade para obter a unidade procurada, fazendo assim a multiplicação por 10 a cada múltiplo para chegar a unidade grama. Vamos ver o processo inverso de conversão.

Exemplo: Gostariamos de saber quantos quilos equivalem a 10000 mg.

Observe que agora realizaremos o processo inverso, faremos a divisão pois a unidade que se deseja encontrar está a sua esquerda. De mg (miligramas) até a Kg (quilogramas), temos que dividir por dez  6 vezes consecutivas, logo 10000 mg é equivalente a 0,01 Kg.

É muito comum precisarmos saber também a transformação de Toneladas para a unidade de Quilograma (Kg). Corpos de massa muito grandes são medidos em unidades como a tonelada. Para a transformação dessa unidade basta sabermos que 1 tonelada é igual a 1000 kg. Vimos a importância de sabermos o estudo das unidades de massa devido as constantes transformações que temos que realizar ao longo dos processos na resolução de problemas do dia a dia. É de muita importância sabermos identificar os múltiplos e submúltiplos em uma transformação, e onde e como encontramos corpos com tais unidades.

Bibliografia:
Física Elementar - Kazuito
Física vol.único- Antônio Maximo e Beatriz Alvarenga