Daguerreótipo

Por Gabriella Porto
O daguerreótipo é um equipamento responsável pela produção de uma imagem fotográfica sem negativo.

Desenvolvido em 1837 por Louis Jacques Mandé Daguerre, daí o nome daguerreótipo, somente foi apresentado publicamente em 1839, mesmo ano em que o governo francês declarou o invento como domínio público.

O surgimento do daguerreótipo exerceu forte influência nas artes plásticas, pois a partir do surgimento de uma nova forma de obter imagens da realidade, os artistas plásticos passaram a ter muito mais liberdade de criação, por não precisarem mais se ater à copia fiel da realidade e passaram a poder exercer mais livremente influência própria nas pinturas.

Simultaneamente à criação do daguerreótipo, na Inglaterra William Fox Talbot desenvolvia o talbótipo, outro tipo de produção de imagens fotográficas. Além disso, na mesma época, em toda a Europa mas principalmente na França, aflorava uma nova tendência artística, o Impressionismo, que faria inovações na pintura com técnicas a partir do uso da luz.

O funcionamento do daguerreótipo se dá da seguinte maneira: uma placa de prata é sensibilizada com vapor de iodo, assim forma o iodeto de prata sobre a mesma. Depois da formação do iodeto, a placa é exposta à luz por meio de uma câmara escura, por cerca de 25 minutos. O contato com a luz transforma os cristais de iodeto de prata em prata metálica, que forma uma imagem latente, imagem esta que pode ser revelada com o uso do vapor de mercúrio.

Depois deste processo então é o momento de promover a fixação da imagem na placa. Isto é possível através da utilização do hipossulfito de sódio. O hipossulfito solubiliza toda a quantidade não reagida de iodeto e depois disto então é só lavar a lâmina e a imagem captada estará fixa na mesma, sob a forma de uma liga brilhante.

O resultado é em positivo e em baixo relevo, e possui grande quantidade de detalhes. No entanto, a placa deve ser protegida com um cristal e ser fechada hermeticamente – sem contato com o ar – para evitar a perda da imagem, pois a superfície é muito delicada.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Daguerre%C3%B3tipo
http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=termos_texto&cd_verbete=3856
http://meiobit.com/15091/manifesto-contra-a-elitizacao-da-fotografia/